Notícias

09/01/2019   09/01/2019 17h02 | A+ A- | 204 visualizações

Frente Única de Santa Maria começa a debater prioridades para 2019

Defesa de liberdades democráticas e reforma da previdência estão na agenda de luta


Reunião nesta terça, dia 8, no Auditório da Sedufsm

Na primeira reunião de 2019, ocorrida ao final da tarde desta terça (8), no Auditório Suze Scalcon da Sedufsm, as entidades sindicais, estudantis e movimentos sociais que integram a Frente Única de Trabalhadoras e Trabalhadores de Santa Maria, começaram o debate sobre definição de prioridades na agenda de luta para este ano. No centro das preocupações do grupo, a reforma da previdência, já anunciada pelo governo e comemorada pelo mercado financeiro, e também a garantia das liberdades democráticas.

Durante a reunião, foram levantadas diversas outras preocupações, a partir dos diversos anúncios do governo de Jair Bolsonaro, que assumiu em 1º de janeiro. Uma delas, é o fato de o governo passar a demarcação de terras indígenas para o Ministério da Agricultura, esvaziando a Funai. Com base nisso, a representação do DCE ficou encarregada de conversar com estudantes de etnia indígena, buscando abrir esse diálogo e trazer mais subsídios sobre o assunto para as reuniões da Frente.

Também foi sugerido que as reuniões da Frente única possa ser itinerantes, possibilitando que haja mais interação com as comunidades. Na reunião da próxima terça, às 17h, na Sedufsm, deverá começar a ser esboçado um calendário de reuniões, com os respectivos temas, para ir a essas comunidades a partir dos próximos meses.

Texto e foto: Fritz R. Nunes

Assessoria de imprensada Sedufsm

 



Fotos



* Clique na foto para Ampliar!


Compartilhe com sua rede social!














© 2019 SEDUFSM
Rua André Marques, 665 - Centro, Santa Maria, RS - 97010-041
Website por BM2 Tecnologia em Internet