Reflexões docentes

Carta ao Sr. Luciano Hang

26/11/2019

Máximo José Trevisan
Advogado e professor aposentado da UFSM

Senhor empresário: Permito-me saudar cordialmente a quem, em minha cidade natal, está investindo horas e expressivo patrimônio. Confesso que a vontade primeira seria revelar-lhe a minha indignação pelo tratamento injusto, deselegante e injurioso de que foi alvo e vítima a comunidade universitária santa-mariense. Identifico-me, desde logo: sou UFSM, com muito orgulho! Professor Titular, percorri todos os níveis da carreira após ter frequentado também a Universidade de São Paulo e a Fundação Getúlio Vargas, no Rio, dois anos que me fizeram compreender, longe de Santa Maria, o quanto era valiosa a UFSM, primeira universidade federal no interior do país.

Minha família muito deve à UFSM. Três dos meus quatro filhos são ex-alunos. Nenhum é zumbi. Nenhum é idiota. Nenhum é comunista. Nenhum deixou de ter norte na vida profissional, mas, com a sólida formação e competência adquiridas na UFSM, tornaram-se bons profissionais. Meu filho, desde os 23 anos, é Juiz Federal; uma das filhas administra, como empresária, uma grande imobiliária; a outra filha, há mais de dez anos, exerce atividade em Londres. Menciono esses fatos para comprovar a improcedência, a desinformação, a injustiça e a injúria que suas palavras, Sr. Luciano, ganharam, como marca, na inauguração da filial da Havan, em Santa Maria. A UFSM, como instituição, comete um grande pecado ao não ter divulgado suficientemente, ao longo da sua história, seus feitos e conquistas, ao não ter demonstrado, como deveria, o valor das suas pesquisas, ao não ter revelado, por gestos concretos, o seu orgulho de ter formado milhares de alunos, hoje profissionais competentes, espalhados pelo Brasil e pelo mundo, tanto no setor público quanto nas empresas.

A UFSM, como outras universidades públicas, carece de mudanças, algumas urgentes, na atual situação do país. Todos sabemos que o dinheiro público merece ser tratado com respeito e competência de gestão por todas as entidades públicas e, com mais razão, pela instituição que ensina competência às demais profissões em suas salas de aula. Ela deve estar aberta democraticamente às críticas, mas não pode, nem deve, em nome da comunidade universitária, aceitar injúrias e inverdades como as que foram proferidas na inauguração da sua loja. Senhor Luciano Hang, aceite uma sugestão: abandone o traje que usou para aparentar “ser gaúcho” e vista a autêntica alma e os verdadeiros sentimentos do povo gaúcho. Nunca esqueça que a UFSM é o maior patrimônio de Santa Maria, legítimo orgulho de todos nós. Não lhe peço retratação do que disse (não espero isso ), mas tão somente reconsideração do que fez, de forma injusta, atingindo, por indevida generalização, toda a comunidade universitária. Despojado de preconceitos e aberto ao diálogo, assim o esperamos, no próximo encontro! Atenciosamente, Máximo José Trevisan.



Compartilhe com sua rede social!




© 2019 SEDUFSM
Rua André Marques, 665 - Centro, Santa Maria, RS - 97010-041
Website por BM2 Tecnologia em Internet