Artigos

Vida longa à SEDUFSM!

Por:  Diorge Alceno Konrad*

“Numa severa afirmação da luta, uma impassível negação da mort”. (Carlos Drummond de Andrade).

Pensadores têm afirmado que os movimentos sociais tradicionais, entre eles o sindicalismo, se esgotaram historicamente. Por não ser uma ilha, a ofensiva neoliberal trouxe refluxos para o movimento sindical docente: soluções individuais aos problemas pessoais e de trabalho, privatização dos espaços públicos, frustração diante de expectativas políticas, históricas, direitos sociais e trabalhistas ameaçados, enfim, a desmobilização dos professores tem sido uma marca de nosso tempo.

De forma cética, porém, compreensível, alguns intelectuais passaram a anunciar teses difusas sobre novas formas de luta, aceitando passivamente discursos do fim da história e das ideologias, nadando na corrente do pessimismo cultural e social. Outros, porém, têm resistido. Compromissados com a velha, mas atual defesa da universidade pública, gratuita e de qualidade, estatal e socialmente referenciada, seu lócus é a SEDUFSM.

O resultado é a consolidação da entidade como referência do sindicalismo classista dos docentes da Universidade Federal de Santa Maria. Perto de mil e trezentos filiados, diretorias alternadas que se renovam em sua base, referência no movimento social de nossa cidade e região, eis algumas das marcas de nosso sindicato.

Esse jovem está completando 17 anos de existência. A sede tem sido um local de reflexão, de produção, de coleguismo, de confrontos teóricos e políticos no bom nível acadêmico. Tudo alicerçado no direito sagrado da organização sindical e trabalhista e na crítica transformadora para o acesso universal à educação.

Homens e mulheres, como Sérgio Pires, Clóvis Guterres, Berenice Corsetti, Ricardo Rondinel, Francisco Freitas, Jadir Lemos, Orlando Fonseca, João Eduardo Pereira, Paulo Burmann, Carlos Pires e tantos outros, construídos na unidade e na diversidade teórica e política, lideraram e têm liderado uma história distinta em defesa da democracia e da igualdade. Por tudo isso e muito mais: vida longa à SEDUFSM.

P.S. Na Programação de Aniversário, destacamos ainda importantes atividades como o I Colóquio sobre Comportamento Político (21, 22 e 23/11); lançamento do livro Reflexões Docentes (28/11) e apresentação da Orquestra Sinfônica de Santa Maria na Escola Marista Santa Marta (30/11). Mais informações em sedufsm@terra.com.br ou em nossa página: www.sedufsm.com.br

(Artigo publicado no jornal A Razão do dia 13.11.2006)

* SEDUFSM



Compartilhe com sua rede social!

© 2017 SEDUFSM
Rua André Marques, 665 - Centro, Santa Maria, RS - 97010-041
Website por BM2 Tecnologia em Internet