Artigos

A consulta à comunidade da UFSM no atual contexto

Por:  Carlos Alberto da Fonseca Pires*

A comunidade universitária está sendo chamada a fazer uma profunda reflexão. Este processo reflexivo inclui a revisão da própria história da UFSM, a análise de seu momento atual e a projeção de seu futuro. É importante resgatar o projeto original da UFSM, seu papel no desenvolvimento regional e sua importância no contexto do ensino superior no Brasil, como instrumento de democratização do acesso aos meios de produção do conhecimento.

Por outro lado, é indispensável situar o momento atual no contexto das modificações que estão sendo processadas na universidade brasileira, em especial na universidade pública. Entre as mudanças no ensino superior pode-se citar o advento do “Projeto Universidade para Todos”, a aprovação da “Lei de Inovação Tecnológica”, o estabelecimento das “Parcerias Púlico-Privadas”, o estabelecimento de reserva de “Cotas para Afro-descendentes e Oriundos de Escolas Públicas”, além do “Anteprojeto de Lei da Educação Superior” que traz algumas novidades, tais como: “a possibilidade do capital estrangeiro explorar o ensino como atividade econômica”, o dito “primeiro emprego acadêmico”, que possibilita a contratação de estudantes de graduação para atividades de extensão e contratação de estudantes de pós-graduação para atividade de ensino, além da possibilidade de “retirada dos docentes e técnico-administrativos das folhas de pagamento das universidades”.

O ensino superior no Brasil e a UFSM em particular, estão sendo profundamente modificados pela Reforma Universitária em curso. Qualquer projeção que se queira fazer para a universidade passa pela discussão das implicações dessa reforma na nossa universidade. O Reitor e Vice escolhidos em 2005 serão os administradores da “Nova Universidade de Santa Maria”. A escolha desses representantes da comunidade universitária já faz parte do processo de construção dessa instituição.

As entidades representativas dos docentes, técnico-administrativos e estudantes estão coordenando um processo de consulta à comunidade sobre sua preferência para escolha do Reitor e Vice. Esse processo se dará com os seguintes pesos dos votos: docentes- 30%; técnico-administrativo- 30%; estudantes 30%, docentes aposentados 5% e técnico-administrativos aposentados- 5%. A data de realização da consulta é 23 de junho de 2005. Espera-se uma significativa participação de todos os segmentos, uma vez que a paridade entre os segmentos torna o processo mais democrático e estimula a participação dos diferentes segmentos.

* SEDUFSM



Compartilhe com sua rede social!

© 2017 SEDUFSM
Rua André Marques, 665 - Centro, Santa Maria, RS - 97010-041
Website por BM2 Tecnologia em Internet