Artigos

A decisão da assembléia e os rumos do movimento

Por:  Carlos Alberto da Fonseca Pires*

Os representantes das seções sindicais das universidades federais reunidos em Brasília, no dia de 19 de agosto, indicaram para o movimento docente a deflagração de greve por tempo indeterminado a partir do dia 30 de agosto.

Os docentes da Universidade Federal de Santa Maria reunidos em Assembléia Geral, reconhecem a necessidade de dar uma resposta à indiferença com a qual o governo tem tratado as demandas do movimento docente; reconhecem que o processo de mobilização na nossa universidade, embora tímido, dá sinais de franca ascensão. Diante desse quadro resolveu adiar para dia 1° de setembro a sua deliberação a respeito da greve. Na avaliação da assembléia é importante acumular forças, aumentar a mobilização, ao mesmo tempo em que julga prudente esperar os resultados da reunião programada para dia 30 de agosto, ente o MEC e a direção nacional do sindicato (ANDES-SN).

O CONAD realizado em julho, em Fortaleza, já havia indicado às seções sindicais a deflagração de greve nacional dos docentes da IFES para a segunda quinzena de agosto de 2005, com o seguinte eixo: Valorização do trabalho docente e em defesa da Universidade Pública, Gratuita, Autônoma, Democrática, Laica e de Qualidade Socialmente Referenciada, contra a mercantilização da educação e pelo aumento da dotação orçamentária para as IFES, expresso na pauta: a) Reajuste de 18% como parte da recomposição salarial; b) incorporação da GED e da GEAD, com equiparação pelos seus valores mais altos e da GAE, com paridade e isonomia; c) Retomada dos anuênios; d) Implementação imediata da classe especial e da classe de professor associado; e) Abertura imediata da discussão em torno da carreira única para os docentes das IFE, envolvendo o MEC, o ANDES-SN e o SINASEFE, com definição de calendário de trabalho com prazo para; f) Realização de concursos públicos para reposição de todas as vagas nas IFES.

Em Santa Maria, os docentes aprovaram esse mesmo indicativo. Para a Assembléia Geral marcada para o dia 1º de setembro, às 15 horas, no Anfiteatro C, da Química, esperamos contar com um número significativo de docentes para definir os rumos do movimento docente.

* SEDUFSM



Compartilhe com sua rede social!

© 2017 SEDUFSM
Rua André Marques, 665 - Centro, Santa Maria, RS - 97010-041
Website por BM2 Tecnologia em Internet