Notícias

25/08/2014   25/08/2014 18h45 | A+ A- | 585 visualizações

Seminário vai aprofundar questões organizativas do ANDES-SN

Decisão foi aprovada no plano geral de lutas do sindicato, durante o 59º Conad


Mesa que coordenou os debates do plano de lutas do sindicato

Durante a plenária do Tema II- Avaliação e Atualização dos Planos de Lutas: Educação, Direitos e Organização dos Trabalhadores, no 59º Conad de Aracaju, ainda no sábado, 23, nove Textos de Resolução (TR) foram aprovados. Dentre os debates travados na reunião, o que trata dos desafios organizacionais do Sindicato Nacional diante das mudanças provocadas nos locais de trabalho pela expansão das universidades, via implantação multicampi, do ensino à distância e precarização das condições de trabalho.

Para aprofundar sobre possíveis mudanças estatutárias que permitam o enfrentamento dessa nova realidade, os delegados aprovaram a realização do Seminário Nacional sobre a estrutura organizativa do ANDES-SN, nos termos definidos pelo 33º Congresso (realizado em São Luís – MA). O encontro acontecerá nos dias 31 de outubro, 1 e 2 de novembro. Os textos preparatórios do Seminário comporão um caderno de textos. A data limite para envio de contribuições é até 9 de outubro.

“A realização desse seminário, para esse período, é muito importante, porque a vai subsidiar exatamente a diretoria e as seções sindicais para apresentar possíveis mudanças estatutárias, inclusive para o ANDES-SN permanecer firme nos propósitos de organização pela base e como representante do conjunto dos trabalhadores docentes das Instituições de Ensino Superior”, avalia Andre Guimarães, 1º vice-presidente da Regional Norte II, que dirigiu a mesa da plenária.

O diretor do ANDES-SN destacou ainda que, no âmbito das políticas educacionais, a plenária deliberou por um plano de lutas que dá continuidade ao trabalho que a entidade vem construindo no último período e que culminou na realização do Encontro Nacional de Educação (ENE), em agosto no Rio de Janeiro. “Aprovamos para dentro do movimento docente do ANDES-SN e também para a articulação com outras entidades os encaminhamentos tirados no ENE”, comentou.

Povos originários, Ebserh

A plenária debateu e aprovou ainda planos de lutas relacionados à Ciência e Tecnologia, no sentido de fortalecer o enfrentamento ao processo de privatização nesse setor, aprofundar o debate em relação aos direitos dos povos originários. Os delegados aprovaram a planilha para a realização, nos dias 14, 15 e 16 de novembro, do Seminário Nacional sobre os Povos Indígenas.

Em relação ao tema de Seguridade Social e Assuntos de aposentadoria, os delegados avançaram na atualização do plano de lutas, em especial no enfrentamento da Ebserh e outras formas de privatização da previdência social em geral, mas também a luta pela aprovação da PEC 555 que beneficia diretamente os docentes aposentados.

Outra definição do 59º Conad foi a de deflagração de uma campanha nacional de divulgação do endividamento e pauperização dos trabalhadores, inclusive dos professores das IES. Foi, inclusive, denunciada a utilização de dados do Siape dos professores por financiadoras de crédito.

“Eu tenho clareza que o conjunto dos textos aprovados expressa o desejo da base do ANDES-SN e faz a atualização do plano de lutas aprovado no 33º Congresso e também municia a gente a fazer o enfrentamento necessário até o 34º Congresso nessas diferentes políticas e diferentes campos”, avalia Guimarães.

Texto e foto: ANDES-SN
Edição: Fritz R. Nunes (Sedufsm)



Fotos



* Clique na foto para Ampliar!


Compartilhe com sua rede social!














© 2017 SEDUFSM
Rua André Marques, 665 - Centro, Santa Maria, RS - 97010-041
Website por BM2 Tecnologia em Internet