Notícias

28/02/2015   28/02/2015 13h49 | A+ A- | 890 visualizações

Congresso denuncia mercantilização da educação

Congressistas aprovaram seminário para discutir EaD


Debate durante a plenária do tema 2, tratando de políticas sociais e plano de lutas

Após intensos debates, que se iniciaram na tarde de quinta-feira (26) e se estenderam até o final da sexta-feira (27), os participantes do 34º Congresso do ANDES-SN definiram, na Plenária do Tema 2, as Políticas Sociais e Plano Geral de Lutas. 

Na discussão sobre políticas educacionais, aprovaram a realização de um Seminário Nacional para aprofundar o debate sobre a precarização pela política de Educação à Distância (EAD) e que o ANDES-SN continue denunciando a crescente mercantilização da educação, intensificação e precarização do trabalho docente e a ressignificação do caráter público da educação, que estão presentes no PNE (2014-2024).

Foi deliberada ainda a realização do IV Seminário de Estado e Educação e o fortalecimento, e a criação nos estados onde ainda não existam, dos comitês estaduais e/ou regionais para a construção e realização, neste ano, dos encontros preparatórios para o II Encontro Nacional de Educação, previsto para 2016.

Dentre as deliberações sobre políticas sindicais, os delegados aprovaram a realização de um Conad extraordinário para deliberar sobre a atuação do Sindicato Nacional no 2º Congresso da CSP Conlutas, que acontece em junho, na cidade de Sumaré (SP). 
 

Texto: Fritz R. Nunes com informações do ANDES-SN

Fotos: Fritz R. Nunes e Bruna Homrich

Assessoria de imprensa da Sedufsm



Fotos



* Clique na foto para Ampliar!


Compartilhe com sua rede social!














© 2018 SEDUFSM
Rua André Marques, 665 - Centro, Santa Maria, RS - 97010-041
Website por BM2 Tecnologia em Internet