Notícias

13/08/2015   13/08/2015 16h35 | A+ A- | 1130 visualizações

Cerca de 200 docentes participam da abertura do 60º Conad

Evento teve início nesta quinta, 13, e segue até o domingo, 16, em Vitória (ES)


Grupo de congo São Sebastião do Taquaruçu faz abertura cultural do 60º Conad

O 60º Conad do ANDES-SN teve início nesta quinta-feira, 13, na Universidade Federal do Espírito Santo (UFES). Para saudar os docentes que vieram até a capital capixaba, o grupo de congo São Sebastião de Taquaruçu apresentou músicas e danças que ilustram um pouco da cultura regional. Do Auditório Manuel Vereza, a brasilidade tomou conta. Até então, são 48 seção sindicais, 47 delegados, 70 observadores, 33 diretores nacionais e 1 convidado.

 Logo após a apresentação, formou-se a mesa de abertura, da qual participaram a diretoria nacional do ANDES-SN, a diretoria da ADUFES (Seção Sindical dos docentes da UFES) e diversas outras entidades que prestaram sua solidariedade às lutas da categoria. Paulo Barela, membro da diretoria nacional da CSP-Conlutas, antecipa que, para setembro, a entidade está construindo, em conjunto com outros setores do movimento sindical e popular, uma grande mobilização. O objetivo, diz o dirigente, é apresentar uma terceira via de luta, independente do governo e da direita.

“Tem se tentado resolver a crise política por dois lados: os setores à direita, que não aceitaram a vitória de Dilma Rousseff e queriam, eles, estarem colocando em prática essas medidas do governo, estão chamando a manifestação do dia 16 para defender os interesses da burguesia. Mas a alternativa proposta para o dia 20 também não nos interessa ou contempla, porque no dia 20 a ideia é defender o governo de Dilma que, ao lado de Joaquim Levy e Kátia Abreu, expoentes do agronegócio e do capitalismo financeiro, ataca nossos direitos. Nenhuma dessas saídas nos interessa”, diz Barela, ressaltando a importância da grande mobilização prevista para setembro, cuja intencionalidade é colocar o classismo na ordem do dia.

Entidades que também estiveram representadas e deram seus informes na mesa de abertura foram o Sintufes (Sindicato dos Técnico-Administrativos em Educação da UFES), o Sinasefe, o Sindicato Nacional dos Auditores Fiscais do Trabalho, o Sindicato Nacional dos Auditores da Receita Federal e o Movimento dos Servidores Públicos Aposentados e Pensionistas (Mosap).

Outro momento da manhã foi marcado pelo lançamento da 56ª edição da revista Universidade e Sociedade do ANDES-SN, que, desta vez, traz o tema: “Contrarreforma: retirada de direitos, violências e criminalizações”. No interior da revista, uma homenagem ao escritor uruguaio, falecido em 2015, Eduardo Galeano.

O 60º Conad tem o tema “Atualização da luta em defesa dos direitos dos trabalhadores e da liberdade de organização sindical dos docentes para enfrentar a mercantilização da educação" e segue até o domingo, 16, em Vitória (ES). A delegação da Sedufsm – composta pelos professores Gianfábio Franco, Getúlio Lemos, Luciano Miranda e Rosane Severo – está presente.

 

Texto e fotos: Bruna Homrich

Assessoria de Imprensa da Sedufsm



Fotos



* Clique na foto para Ampliar!


Compartilhe com sua rede social!














© 2017 SEDUFSM
Rua André Marques, 665 - Centro, Santa Maria, RS - 97010-041
Website por BM2 Tecnologia em Internet