ATENDIMENTO DA SEDUFSM

A Sedufsm informa que a partir de segunda, 23 de março, a sede do sindicato estará fechada e todos os atendimentos serão realizados de forma remota (online), por tempo indeterminado. Os (as) sindicalizados (as) poderão entrar em contato com a entidade das 8h às 12h e das 14h às 18h através do e-mail sedufsm@terra.com.br ou dos telefones (55) 99614-2696 e (55) 99935-8017.

Sindicato


Espaço Cultural

Reflexões Docentes

Contatos SEDUFSM

(55) 3222 5765

Segunda à Sexta
08h às 12h e 14h às 18h

Endereço

SEDUFSM
Rua André Marques, 665
Centro, Santa Maria - RS
97010-041

Email

Fale Conosco - escreva para:
sedufsm@terra.com.br

Twitter

SEDUFSM

Facebook

SEDUFSM

Youtube

SEDUFSM

Notícias

25/11/2016   25/11/16 17h30 | A+ A- | 2218 visualizações

Comando de Greve dos Professores se reúne com Burmann

Reitor defendeu saída negociada para as ocupações na UFSM


Comando de Greve dos Professores se reuniu pela primeira vez com reitor Paulo Burmann

Representantes da diretoria da Sedufsm e do Comando Local de Greve dos Professores da UFSM se reuniram ao final da manhã desta sexta, 25, com o reitor Paulo Burmann. A comitiva foi destacar as atividades dos primeiros dias de greve e ouvir também do dirigente da instituição, um relato sobre a situação das ocupações, tendo em vista que a questão foi judicializada e o reitor é um dos alvos de ação popular em favor da desocupação dos prédios.

Burmann declarou, assim como já tem feito em outros espaços, que a reitoria deseja construir uma saída negociada para a questão das ocupações estudantis, que buscam protestar contra a PEC 55 e, para isso, conclamou que as entidades representativas se envolvam nesse debate, participem de um diálogo que, segundo ele, interessa a toda a comunidade.

Na última quinta, 24, ocorreu uma audiência na UFSM, da qual participaram estudantes, representações da reitoria, Ministério Público Federal, cujo intuito seria discutir o impasse entre ocupação versus desocupação. A proposta surgida da reunião, conforme o reitor, e cujo teor deve ser retornado ao debate na próxima segunda, 28, é de que as ocupações possam permanecer, mas que se comprometam a permitir o “livre acesso aos prédios”.

A diretora da Sedufsm, professora Fabiane Costas, destacou que os professores estão solidários à luta dos estudantes, que foi discutido na plenária unificada dos segmentos que cabe a eles (alunos) debater qual o melhor encaminhamento para a questão das ocupações, e que o sindicato só não esteve presente na audiência da quinta-feira porque recebeu o convite às 14h30, para a atividade que seria às 16h.

Integrante do Comando Local de Greve, o professor Marcos Piccin, do departamento de Extensão Rural (CCR), ressaltou a importância de se expressar solidariedade ao reitor diante dos ataques políticos que têm sido perpetrados contra a reitoria e ao próprio Burmann.

Texto e foto: Fritz R. Nunes

Assessoria de imprensa da Sedufsm

 



Fotos



* Clique na foto para Ampliar!


Compartilhe com sua rede social!














© 2020 SEDUFSM
Rua André Marques, 665 - Centro, Santa Maria, RS - 97010-041
Website por BM2 Tecnologia em Internet