Notícias

02/03/2017   02/03/2017 17h47 | A+ A- | 376 visualizações

Jornal da Sedufsm problematiza o Brasil de 2017

Publicação sindical já pode ser conferida no site do sindicato


Capa da edição de janeiro e fevereiro que já está no site

A consultoria internacional Eurasia, que analisa riscos políticos ao redor do mundo, divulgou boletim em que prevê problemas sérios para o governo de Michel Temer a partir deste mês de março, especialmente a partir da divulgação das delações judiciais da construtora Odebrecht. Na edição de janeiro e fevereiro do Jornal da Sedufsm, já disponível no site, as questões graves envolvendo o Brasil, que vão desde os problemas de corrupção, até a ilegitimidade do governo Michel Temer e suas contrarreformas que visam à derrubada de direitos fundamentais, são abordadas por docentes de áreas que vão da Ciência Política a História e Economia.

E um dos temas mais importantes do momento, que está na pauta do governo e do setor privado, que é a reforma da previdência, também foi destacado no jornal. A contrarreforma patrocinada pelo governo Temer e os partidos que o apoiam no Congresso Nacional é uma das prioridades para a luta dos docentes este ano, conforme decisão tomada ainda no final de janeiro, no 36º Congresso, que ocorreu em Cuiabá (MT). A edição do jornal traz depoimentos de especialistas no assunto, como a professora Sara Granemann, e a integrante da Auditoria Cidadã da Dívida, Maria Lúcia Fattorelli.

Benefícios aos docentes

A recente edição do Jornal da Sedufsm, que além do site, é entregue na residência de filiados e filiadas, traz ainda informações sobre benefícios que podem ser alcançados pelo fato de o professor (a) estar filiado (a) à entidade. Dentre essas vantagens, a possibilidade de acessar convênios, como os de saúde. Além disso, o sindicato possui uma eficiente assessoria jurídica para atender os sindicalizados (as). É o trabalho dessa assessoria que tem garantido, ao longo dos anos, ganhos judiciais por meio de ações patrocinadas pela seção sindical. Na edição de janeiro/fevereiro, destacamos algumas ações ganhas recentemente, e que abrangem centenas de docentes.

Entrevista

Na editoria "Com a palavra", o destaque é para a entrevista com o professor Francis Moraes de Almeida, do departamento de Ciências Sociais da UFSM. Ele comenta sobre a política de encarceramento do país, estabelece relaçõess entre desigualdade e violência, entre outras questões.

Texto: Fritz R. Nunes

Assessoria de imprensa da Sedufsm

 



Fotos



* Clique na foto para Ampliar!


Compartilhe com sua rede social!














© 2017 SEDUFSM
Rua André Marques, 665 - Centro, Santa Maria, RS - 97010-041
Website por BM2 Tecnologia em Internet