Notícias

29/03/2017   29/03/2017 16h32 | A+ A- | 992 visualizações

Assembleia docente aprova adesão à greve geral no país

Protesto chamado pelas centrais sindicais está marcado para 28 de abril


Assembleia na manhã desta quarta ocorreu no Auditório B2 do prédio 17

Em assembleia realizada hoje pela manhã, no Auditório B2, do prédio 17 (junto à Geociências), os professores aprovaram a adesão à greve geral chamada pelas centrais sindicais contra as reformas previdenciária, trabalhista e contra a terceirização. A paralisação de 24h está marcada para o dia 28 de abril. Até essa data, uma comissão de mobilização de docentes, cujos nomes foram escolhidos na própria plenária, irá se reunir e programar atividades de conscientização da categoria na UFSM.

No caso específico da universidade, por sugestão dos professores Adriano Figueiró e Helenise Sangoi Antunes, deverá ser colocada na pauta local a luta contra os cortes orçamentários que ameaçam o funcionamento da instituição. Figueiró sugeriu que se promova uma campanha do tipo “abra as contas, reitor!”, como a que ocorreu em 2015, para que as informações sejam franqueadas à comunidade universitária, e assim se possa saber exatamente em que patamar estão as finanças.

Ainda pertinente ao tema da greve geral no dia 28 de abril, foi aprovada a proposta de organizar uma caravana a Brasília. Conforme sugestão da diretoria e entendimento da plenária, ficou definido que a Sedufsm disponibilizará um ônibus para que docentes interessados possa se deslocar até a capital federal na data do protesto. Aqueles que se interessarem podem se manifestar (confirmando o nome) junto à secretaria do sindicato (3222.5765) e pelo e-mail sedufsm@terra.com.br até sexta, dia 7 de abril.

Leia mais aqui sobre o tema da greve geral convocada pelas principais centrais sindicais para 28 de abril.

REPÚDIO

Durante a plenária desta manhã também foi colocado em apreciação e posteriormente aprovado por unanimidade, uma moção de repúdio contra a Proposta de Emenda Constitucional (PEC) 395/14. O projeto altera a Constituição Federal, quebrando o princípio da gratuidade, permitindo que as Instituições de Ensino Superior públicas possam cobrar taxas em cursos de pós-graduação lato sensu, bem como de cobrar por cursos de extensão. A íntegra da moção aprovada, publicaremos posteriormente, no espaço do site.

Durante as manifestações sobre a moção de repúdio, lida pelo vice-presidente da Sedufsm, professor João Carlos Gilli Martins, foram feitas muitas intervenções críticas em relação ao papel dos reitores, e especialmente da Associação dos Dirigentes (Andifes), que conforme notícia veiculada pelo Sindicato Nacional Docente (Andes-SN), articularam com parlamentares a aprovação da PEC 395/14 com o atual conteúdo.

Conforme análise do professor Adriano Figueiró, que é ex-presidente da Sedufsm  atual conselheiro da entidade, “não se pode admitir que uma gestão eleita pela comunidade defenda projetos que abram caminho para a privatização da universidade”. Ainda segundo Figueiró, a postura dos reitores, e incluiu o atual dirigente da UFSM, Paulo Burmann, é lesiva à concepção de educação pública e gratuita. Para o professor, a PEC é apenas um “balão de ensaio” para futuras propostas de cobranças de taxas nos cursos de graduação. A partir de sugestão da plenária, a Sedufsm vai procurar também a Associação dos Estudantes de Pós-graduação da UFSM (APG), para que haja uma manifestação conjunto ao reitor e ao Conselho Universitário da instituição em contraposição à PEC 395/14.

Leia mais aqui sobre a posição do reitor da UFSM em relação à PEC 395/14.

A assembleia desta quarta-feira teve a mesa de trabalhos coordenada pelos professores Júlio Quevedo, João Carlos Gilli Martins, e pela professora Fabiane Costas. (Veja algumas fotos da assembleia abaixo, em anexo). Na parte dos informes, entre vários assuntos, a professora Bia Oliveira, do Direito, explicou detalhes sobre a edição do 'Cultura na Sedufsm' que ocorrerá no sábado, 1º de abril. 

Texto e fotos: Fritz R. Nunes

Assessoria de imprensa da Sedufsm

 



Fotos



* Clique na foto para Ampliar!


Compartilhe com sua rede social!














© 2017 SEDUFSM
Rua André Marques, 665 - Centro, Santa Maria, RS - 97010-041
Website por BM2 Tecnologia em Internet