Notícias

30/03/2017   30/03/2017 18h43 | A+ A- | 625 visualizações

Protesto em Santa Maria denuncia contrarreformas do governo

Diversos sindicatos e movimentos sociais realizam ato nesta sexta, 31 de março


Últimos detalhes do ato foram discutidos em reunião na quarta, 29, na Sedufsm

Nesta sexta-feira, 31 de março, Santa Maria une-se, mais uma vez, ao calendário nacional de mobilizações contra o desmonte da Previdência, o fim dos direitos trabalhistas e o projeto que libera e aprofunda as terceirizações. A partir das 17h, na praça Saldanha Marinho, sindicatos e movimentos sociais estarão em concentração para a posterior marcha pelas ruas centrais da cidade. Espera-se que uma grande quantidade de pessoas compareça ao ato, que vem sendo organizado por uma frente ampla de entidades.

Na noite da última quarta-feira, 29, representantes de tais entidades, associações e movimentos estiveram reunidos no auditório Suze Scalcon da Sedufsm. Durante o encontro, foram organizados os últimos detalhes para a manifestação, que será, também, uma atividade de mobilização para a Greve Geral, cuja deflagração foi indicada, pelas centrais sindicais, para 28 de abril.

Durante esta quinta-feira, 30, foram ocupados espaços em rádios locais para divulgar o protesto e, na sexta, 31, às 12h30, ocorre uma entrevista na TV Santa Maria com dois integrantes da organização. Também ao longo da semana foram realizadas panfletagens pela cidade, a fim de explicar para a população os malefícios das contrarreformas em curso – que mexem na aposentadoria e nos direitos trabalhistas – e convidá-la a integrar a mobilização.

Em todo país, nesta sexta, devem ocorrer mobilizações contra os projetos em curso.

Texto e foto: Bruna Homrich

Assessoria de Imprensa da Sedufsm



Fotos



* Clique na foto para Ampliar!


Compartilhe com sua rede social!














© 2017 SEDUFSM
Rua André Marques, 665 - Centro, Santa Maria, RS - 97010-041
Website por BM2 Tecnologia em Internet