Notícias

13/04/2017   13/04/2017 17h28 | A+ A- | 1165 visualizações

Sindicato comunica ao reitor sobre greve geral de 28 de abril

Diretoria da Sedufsm participou de audiência com Burmann nesta quinta-feira


Diretoria da Sedufsm enfatizou a importância da greve geral durante audiência com o reitor

Alguns integrantes da diretoria da Sedufsm participaram na manhã desta quinta 13, de audiência com o reitor da UFSM, professor Paulo Burmann. O objetivo do encontro foi comunicar pessoalmente ao dirigente da instituição, que os professores decidiram, em assembleia, aderir à greve geral do próximo dia 28 de abril. O movimento tem caráter nacional e foi chamado pelas principais centrais sindicais do país tendo como eixos principais a oposição às reformas previdenciária, trabalhista, e à implementação da terceirização. O sindicato docente também já protocolou de forma oficial o documento informando à reitoria a paralisação de 24h em 28 de abril.

Paulo Burmann disse que não cabe à Administração se posicionar a favor ou contra a greve, que isso é um papel que precisa ser cumprido pelas entidades classistas. Contudo, o reitor deixou claro que é solidário às bandeiras levantadas pelo movimento sindical, explicitadas em aspectos como a reforma da previdência e a trabalhista. Burmann ressaltou que o país vive em uma conjuntura delicada, especialmente as universidades, que enfrentam um arrocho orçamentário.

O dirigente frisou que vive momentos de “frustração e contrariedade” quando precisa tomar medidas como as que foram anunciadas essa semana, com a redução de postos de vigilância na instituição, o que levará a mais de 60 demissões. “Mas isso não pode ser debitado na nossa conta e sim na indisponibilidade de recursos por parte do governo”, enfatizou.

Ao mesmo tempo em que argumentou que não cabe à reitoria se posicionar sobre greve, Burmann garantiu que não apresentará óbices ao movimento, respeitando as deliberações das categorias. Segundo o reitor, havia uma programação previamente marcada para o dia 28 de abril. Nesta data seria inaugurado o Centro de Convenções da UFSM. Todavia, diante dessa nova situação, que é a greve geral, Burmann explicou que a inauguração foi adiada para uma data ainda a ser agendada. Também a reunião do Conselho Universitário (Consun), marcada para 28 de abril, será antecipada para o dia anterior.

Eleições

O reitor aproveitou a oportunidade para informar que na reunião extraordinária do Consun nesta quinta 13, foram definidas algumas das diretrizes sobre o processo eleitoral para escolha de reitor e vice-reitor da UFSM, gestão 2018-2021. No encontro ficou definido que a consulta eleitoral será organizada por uma comissão híbrida, composta por nove membros: três definidos na plenária desta manhã e seis das entidades representativas da UFSM: dois representantes do Diretório Central dos Estudantes (DCE), dois representantes da Seção Sindical dos Docentes da UFSM (Sedufsm) e dois representantes das associações dos servidores técnico-administrativos (um da Atens e um da Assufsm). O atual reitor enfatizou a importância de as entidades participaram da comissão.

Texto e fotos: Fritz R. Nunes

Assessoria de imprensa da Sedufsm

 

 



Fotos



* Clique na foto para Ampliar!


Compartilhe com sua rede social!














© 2017 SEDUFSM
Rua André Marques, 665 - Centro, Santa Maria, RS - 97010-041
Website por BM2 Tecnologia em Internet