Notícias

23/05/2017   23/05/2017 17h54 | A+ A- | 487 visualizações

“Panfletaço” contra reformas movimenta centro de SM nesta quarta

Na data, cerca de 100 mil trabalhadores devem marchar em Brasília


Frente Combativa esteve reunida na noite da última segunda, 22, na Sedufsm

No dia do “Ocupa Brasília”, quando trabalhadores de todo o país devem lotar a Esplanada dos Ministérios para protestar contra o presidente Michel Temer e suas contrarreformas, Santa Maria também terá atividades de mobilização. Nesta quarta-feira, 24 de maio, a partir das 14h, ocorre um ato político na Praça Saldanha Marinho. A previsão é de que sindicatos, movimentos sociais e todos que queiram protestar contra as Reformas Trabalhista e Previdenciária juntem-se no centro da cidade para manifestar indignação tanto com tais projetos, quanto com a permanência de Michel Temer frente à Presidência da República, mesmo após ter sido alvo de graves denúncias.

A tarde desta quarta será, então, de “panfletaço” – distribuição de panfletos à população como forma de diálogo sobre as contrarreformas em curso -, de ‘Aposentômetro’ – banca instalada na Praça, em que é possível calcular quanto tempo faltaria para uma pessoa se aposentar segundo as regras atuais, e quanto tempo faltará caso sejam aprovadas as novas regras -, e de manifestação das mais variadas categorias.

Sendo convocado pela Frente Combativa em Defesa do Serviço Público, o ato é aberto a todos os trabalhadores que queiram levar suas reivindicações específicas e engrossar a pressão social contra as reformas. Além da não aprovação das novas leis trabalhistas e previdenciárias, a manifestação também exige a revogação da Lei da Terceirização, da Emenda Constitucional 95 (antiga PEC 55, de Teto dos Gastos) e da Reforma do Ensino Médio.

Confirme presença no evento de Facebook.

Paralisação na UFSM

Docentes da UFSM aprovaram em assembleia realizada na última quinta, 18 de maio, a paralisação das atividades nesta quarta, 24. Também os técnico-administrativos em educação (TAEs) da universidade deliberaram pela mesma ação.

O dia 24 de maio é uma data nacional convocada pelas centrais sindicais, que mais uma vez se unem para organizar mobilizações contra as Reformas Trabalhista e Previdenciária. Desde segunda-feira, 22, deslocam-se ônibus de todo o país rumo à capital federal. E, na caravana do “Ocupa Brasília”, o ANDES-SN já marca presença.

No dia seguinte ao ato (quinta-feira, 25), inclusive, será realizada uma reunião conjunta dos setores das Instituições Estaduais/Municipais (Iees/Imes) e Federais (Ifes) do ANDES-SN, em Brasília.

Seminário sobre Memória e Verdade

Nesta quarta, 24, a Comissão Paulo Devanier Lauda de Verdade e Memória da UFSM promove o seminário “Repressão política nas universidades durante a ditadura: memória e verdade”. O evento ocorre no Auditório do CCSH (Antiga Reitoria) e tem o apoio da Sedufsm. As atividades do Seminário integram o calendário de mobilização desta quarta, Dia Nacional de Lutas. Para saber a programação completa, clique aqui.

AGENDA

QUARTA-FEIRA (24/05) – Dia Nacional de Lutas

Seminário “Repressão política nas universidades durante a ditadura: memória e verdade”

9h- Vivien Ishaq: “Os arquivos da repressão política no Arquivo Nacional e linhas de pesquisa, 1964-1985”;

14h- Angélica Lovatto: “O trabalho da Rede Nacional de Comissões da Verdade Universitárias: memória, verdade, justiça e reparação”.

*Ambas no Auditório da Antiga Reitoria

14h até o fim da tarde – Ato político contra Temer e suas Reformas.

*Local: Praça Saldanha Marinho

 

Texto e foto: Bruna Homrich

Assessoria de Imprensa da Sedufsm

 



Fotos



* Clique na foto para Ampliar!


Compartilhe com sua rede social!














© 2017 SEDUFSM
Rua André Marques, 665 - Centro, Santa Maria, RS - 97010-041
Website por BM2 Tecnologia em Internet