Notícias

29/09/2017   29/09/2017 15h10 | A+ A- | 105 visualizações

Sindicato Docente da UFMS retorna à base do ANDES-SN

Adufms tomou decisão em assembleia ocorrida no dia 20 de setembro


Adufms deixou a base do Proifes-Federação

Os docentes da Universidade Federal do Mato Grosso Sul (UFMS) decidiram em assembleia realizada no dia 20 de setembro pelo retorno do Sindicato dos Docentes da instituição ao ANDES-SN, transformando-se em seção sindical. A Adufms, conforme o estatuto da entidade, realizou assembleia geral descentralizada em todos os campi da universidade. A expectativa é de que a transformação da Adufms em seção sindical do ANDES-SN seja homologada no próximo congresso do Sindicato Nacional, que acontecerá em janeiro de 2018, em Salvador (BA).

A presidente da Adufms-Sindicato, Mariuza Aparecida Camillo Guimarães, afirmou que o retorno ao ANDES-SN “vai fortalecer o nosso movimento e a Adufms-Sindicato. Continuaremos, dessa forma, na defesa da universidade pública, gratuita, laica e socialmente referenciada”.

Para Eblin Farage, presidente do ANDES-SN, o retorno da Adufms-Sindicato representa o reconhecimento, por parte dos docentes da UFMS, de que o ANDES-SN é o sindicato capaz de representar toda a categoria docente. “É o reconhecimento de que nós somos um sindicato forte e de que é necessário, também, fortalecer o ANDES-SN, enquanto entidade nacional, para que a gente possa fazer o enfrentamento junto ao governo. Para nós é fundamental, em especial, por ser uma entidade que era uma seção sindical do ANDES-SN e que agora retorna para o Sindicato Nacional, isso tem um peso político muito importante”.

Eblin salienta que a decisão demonstra também a compreensão de que o ANDES-SN é um sindicato autônomo de governos, partidos e patrões. “Com todas as diferenças que temos nesse sindicato, essa é uma entidade que se mantém na luta e na defesa intransigente dos direitos dos professores e professoras”, completou.

Histórico

A Adufms-Sindicato foi seção sindical do ANDES-SN até 2011, quando seu estatuto foi alterado e oficializou a sua filiação à Proifes-Federação.

Na greve de 2012, a então diretoria do Sindicato, ligada à Proifes-Federação abandonou a categoria em pleno movimento de greve que durou quase quatro meses. Na época, a Assembleia Geral dos docentes da UFMS elegeu o Comando de Greve Local, que teve apoio do ANDES-SN, inclusive com assento no Comando de Greve Nacional.

Em 2015, nova greve foi necessária, considerando o desmantelamento acima citado e, em 2016, os efeitos nefastos da PEC 55/2016 (hoje EC 95/2016) que congelou o orçamento público por vinte anos, além da reivindicação das perdas salariais de 27,5%, acumuladas no período de 2011 a 2014.

No decorrer do movimento grevista de 2015, a categoria aprovou a desfiliação da Proifes-Federação. Após a realização de debates com as duas entidades nacionais, a Adufms-Sindicato tornou-se autônoma, alinhada à política do Sindicato Nacional.

Pós-desfiliação se deu início a uma série de estudos e discussões para que a categoria conhecesse melhor a organização do ANDES-SN. O retorno ao Sindicato Nacional segue a linha dos debates realizados pela categoria de fortalecer nacionalmente as lutas da categoria docente.

Fonte: ANDES-SN com informações e imagens da Adufms-Sindicato.

Edição: Fritz R. Nunes (AI/Sedufsm)

 



Fotos



* Clique na foto para Ampliar!


Compartilhe com sua rede social!














© 2017 SEDUFSM
Rua André Marques, 665 - Centro, Santa Maria, RS - 97010-041
Website por BM2 Tecnologia em Internet