Notícias

17/11/2017   17/11/2017 16h38 | A+ A- | 412 visualizações

Sindicato divulga moção de repúdio contra cursos pagos

Documento foi aprovado em assembleia docente em 10 de novembro


Mesa diretora que coordenou a assembleia do dia 10 de novembro

Na assembleia realizada na sexta, 10 de novembro, a Sedufsm colocou em discussão e votação, uma moção de repúdio contra cursos pagos na UFSM. A iniciativa ocorreu depois que foi divulgado que uma minuta de resolução está em fase de elaboração na Pró-Reitoria de Planejamento, cujo objetivo é padronizar a forma de cobrança de cursos de pós-graduação lato sensu (especializações). O conteúdo do documento teve aprovação unânime dos presentes. Uma cópia já foi encaminhada para a Administração Central da UFSM. Confira a seguir a íntegra da moção:

MOÇÃO DE REPÚDIO

Os docentes da Universidade Federal de Santa Maria – UFSM, reunidos em Assembleia Geral da categoria docente, realizada em 10 de novembro de 2017, às 14h, na sede da SEDUFSM, repudiam qualquer forma de cobrança em cursos de Pós-Graduação e/ou Graduação na Universidade Federal de Santa Maria – instituição pública – porque ferem seus princípios de gratuidade e de qualidade, bem como de uma educação socialmente referenciada. Desta forma, somos contrários e não aceitamos sob qualquer argumento e hipótese a minuta de resolução que tramita na Pró-Reitoria de Planejamento da UFSM, institucionalizando a cobrança de cursos de Pós-Graduação lato sensu na UFSM e exigimos que a referida minuta seja suprimida imediatamente.        

Santa Maria, 10 de novembro de 2017.

Assembleia Geral Docente da UFSM

Confira a notícia sobre a elaboração da minuta.

Texto e foto: Fritz R. Nunes

Assessoria de imprensa da Sedufsm



Fotos



* Clique na foto para Ampliar!


Compartilhe com sua rede social!














© 2018 SEDUFSM
Rua André Marques, 665 - Centro, Santa Maria, RS - 97010-041
Website por BM2 Tecnologia em Internet