Notícias

21/11/2017   21/11/2017 15h26 | A+ A- | 512 visualizações

Kako Xavier e a Tamborada resgatam a herança gaúcha dos tambores

O Grupo realizou dois shows em Santa Maria por ocasião do mês da consciência negra


No mês da consciência negra, a SEDUFSM, em parceria com o Comitê Local do ENE (Encontro Nacional de Educação), trouxe o espetáculo “Kako Xavier e a Tamborada” para Santa Maria, na 72ª edição do Cultura na SEDUFSM. O grupo Tamborada, que é um projeto de artes integradas para crianças, seus pais e professores, baseado na história dos tambores gaúchos, apresentou-se na Praça Saldanha Marinho à tarde, na sexta-feira, 17, e à noite, no mesmo dia, participou de uma roda de conversa seguida de mais uma apresentação no Auditório Suze Scalcon da SEDUFSM.


O projeto “Tamborada” é natural de Pelotas e, há 8 anos, vem resgatando a história da cultura de quadras musicais dos negros litorâneos daquela região, bem como o seu tambor ancestral: o Sopapo. O Instrumento foi inventado pelos escravos que trabalhavam nas charqueadas e foi elemento importante na distinção do samba feito no Rio Grande do Sul daquele composto em terras cariocas. Após décadas de esquecimento, o instrumento encontrou um renascimento nas mãos de mestres percussionistas pelotenses e, mais recentemente, vem ganhando mais visibilidade como o marcador de ritmo nas apresentações de Kako Xavier e a Tamborada.

No auditório da SEDUFSM, a batucada botou crianças e adultos para dançar, em meio a causos da Praia da Laranjal, lar dos maçambiques e da sede do projeto Tamborada. Kako Xavier conduziu a conversa e explicou que o projeto trabalha em escolas públicas levando o Sopapo e incentivando as crianças a conhecerem a cultura negra, pouco lembrada no Rio Grande do Sul. “Eu ia lá pra cima - Rio de Janeiro, Bahia – e falava do Sopapo e do samba daqui e muitas vezes me perguntavam ‘mas e vocês têm samba lá no sul, é?’” comenta Kako, ressaltando o valor educacional do projeto.

Nas apresentações de Santa Maria, estiveram presentes os integrantes: Kako Xavier, Sabrina Manske, Vitor Manske, Beatriz Grassi, Sandra Grassi, Carolina Portela, Renan Brião, Miguel Polidori, Maurício Polidori, Ademir Belchior, Zé Tabajara, João Cruz e Rogério Gutierrez. Fique com uma parte do show que a Tamborada fez no salão da SEDUFSM:

 

Mais informações sobre Kako Xavier e a Tamborada você encontra na página do projeto no Facebook: https://www.facebook.com/projetotamborada/

 

Texto e vídeo: Ivan Lautert

Fotos: Fritz Rivail



Fotos



* Clique na foto para Ampliar!


Compartilhe com sua rede social!














© 2018 SEDUFSM
Rua André Marques, 665 - Centro, Santa Maria, RS - 97010-041
Website por BM2 Tecnologia em Internet