Notícias

22/03/2018   22/03/2018 18h09 | A+ A- | 485 visualizações

Diretor do campus de Cachoeira fala de dificuldades e do futuro

Equipe da Sedufsm esteve visitando unidade da UFSM nesta quarta, 21


Um dos prédios do campus de Cachoeira, atualmente, funciona junto a um cursinho pré-vestibular

No segundo semestre de 2018, pouco mais de 40% do campus da UFSM de Cachoeira do Sul, que hoje funciona em prédios diversos, deve se mudar para uma área que está em construção na localidade de Passo D’areia, próxima à rodovia na entrada do município. Conforme o cálculo do diretor, Rogério Brittes, um total de 18 salas de aula (dois cursos do campus) deverão começar a funcionar a partir de agosto. A informação foi manifestada pelo diretor, nesta quarta, 21, em entrevista à assessoria de imprensa da Sedufsm. Neste dia, diretores do sindicato estiveram em visita à Unidade.

Os professores Carlos Pires e Gihad Mohamad, juntamente com dois funcionários da seção sindical, estiveram no campus de Cachoeira do Sul para um corpo a corpo com os docentes. Os membros da Sedufsm levaram agendas e jornais para distribuir aos (às) filiados (as), e ainda se propuseram a um bate-papo sobre a situação da carreira e avaliação docentes.

O fato de o campus ter que funcionar em cinco prédios diferentes, conforme Brittes, que assumiu a direção da Unidade em janeiro, junto com seu vice, Lucas Delongui, dificulta a movimentação tanto de professores, quanto de técnicos e estudantes. No total, segundo ele, são 54 professores, 45 técnicos e 800 estudantes na Unidade, onde funcionam cursos da área de Engenharia e de Arquitetura. A expectativa, segundo o diretor, é de que até o final de 2019 todo o campus funcione na obra que está em construção. Os novos prédios deveriam ter ficado prontos em 2017, mas devido ao contingenciamento dos investimentos por parte do governo federal, isso não foi possível.

Apesar da dificuldade com a falta de recursos para concluir as obras do novo campus, corte de custeio que afeta laboratórios e biblioteca, Brittes acha importante destacar aspectos positivos, como a união da comunidade do campus para superação das adversidades e também o apoio da comunidade do município ao trabalho realizado pela UFSM.

Direção do campus de Cachoeira do Sul: Lucas Delongui (vice) e Rogério Brittes (diretor)
 

Texto e foto: Fritz R. Nunes

Assessoria de imprensa da Sedufsm



Fotos



* Clique na foto para Ampliar!


Compartilhe com sua rede social!














© 2018 SEDUFSM
Rua André Marques, 665 - Centro, Santa Maria, RS - 97010-041
Website por BM2 Tecnologia em Internet