Notícias

02/05/2018   03/05/2018 18h34 | A+ A- | 176 visualizações

Conheça os encaminhamentos do XVIII Encontro Regional RS do ANDES-SN

Reunidos em Santa Maria nos últimos dias 27 e 28, docentes definiram as pautas de luta da entidade em âmbito estadual


Realizada nos dias 27 e 28 de abril, em Santa Maria, no auditório Suze Scalcon da Sedufsm, a XVIII edição do Encontro Regional Rio Grande do Sul do Andes Sindicato Nacional contou com a participação de 30 professores representando seis seções sindicais. No segundo dia do econtro, na parte da tarde, aconteceu o fórum das seções sindicais, espaço onde foram definidas que pautas e temáticas deverão nortear a atividade da entidade em âmbito estadual nos próximos meses. Conheça abaixo os encaminhamentos deliberados no espaço de fórum que encerrou o encontro no sábado à tarde:

Moção de Repúdio contra os ataques à professora da UFPel, Rejane Jardim

Foi decidido que a Regional Rio Grande do Sul irá divulgar nota repudiando os ataques à professora de Ciências Políticas da Universidade Federal de Pelotas, Rejane Jardim, e também contra a escalada dos discursos e das atividades de cunho fascista dentro das universidades.

A professora Rejane Jardim vem sofrendo perseguições dentro da própria UFPel e também em alguns setores da mídia por postagens que fez em sua página em uma rede social, posicionando-se de forma veemente contra o fascismo. A professora vinha sofrendo ameaças online de grupos de extrema direita por suas posições políticas ligadas ao feminismo e à esquerda.

Nota em solidariedade aos alunos e professores da Unipampa, campus de São Borja

Os professores decidiram também pela publicação de uma nota em solidariedade à luta contra o aumento da passagem de ônibus em São Borja. No dia 22 de abril, as passagens de ônibus em São Borja subiram de R$ 2,90 para R$ 3,55 e alunos e docentes da Unipampa trancaram a saída da garagem da empresa responsável pelo transporte público durante três dias em protesto. Os manifestantes reivindicam a suspensão do aumento por 30 dias para que seja feita uma auditoria das planilhas de custos apresentadas pela empresa para justificar o aumento. Segundo o professor do curso de Serviço Social da Unipampa, César Beras, vários alunos e professores foram agredidos pela polícia militar na desocupação da garagem da empresa de ônibus.

A criação de uma política de comunicação integrada para as seções sindicais do Rio Grande Do Sul

Alguns professores chamaram a antenção para a necessidade de se criar uma rede de comunicação sindical entre as seções sindicais do Andes no estado. A Rede deve funcionar como uma potencializadora do alcance do conteúdo produzido pelas assessorias de imprensa e como difusora das boas práticas de comunicação sindical para aquelas seções em processo de construção, que não contam com uma equipe de comunicação dedicada. Segundo o integrante da Regional Rio Grande do Sul do Andes-SN, Caiuá Cardoso Al-Alam, esta é uma discussão que não é nova dentro do Andes e que será colocada na agenda de reuniões da entidade a realização de um encontro com pauta dedicada à comunicação, a fim de reativar a discussão em torno de estratégias para integrar a comunicação das seções sindicais.

Aumentar o número de cursos de formação sindical

Durante o espaço de debate, várias falas ressaltaram a importância de mais espaços de formação sindical para os novos docentes das universidades públicas do estado. Esta seria uma estratégia para aproximar os professores mais jovens e também qualificar a base do sindicato. Segundo Caiuá, mesmo com o calendário apertado, este encaminhamento será levado aos próximos espaços de debate da Regional Rio Grande do Sul para a construção de uma agenda de cursos e atividades com caráter de formação sindical.

Reforçar a divulgação e o apoio ao ENE

Após as exposições individuais das seções sindicais do estado, foi aberto o espaço de avaliação do andamento do III Encontro Nacional de Educação (ENE) para que as professoras Maristela Souza, da diretoria da SEDUFSM e organizadora da etapa municipal do ENE, e Laura Fonseca, professora da Faculdade de Educação da UFRGS e também uma das organizadoras do ENE em âmbito estadual, relatassem o estágio em que se encontra a organização do evento. Segundo a Professora Maristela, o encontro está bastante articulado em âmbito municipal e estadual, porém, ressalta a importância de que mais seções sindicais e mais docentes envolvam-se na construção do encontro e contribuam para a criação de mais etapas municipais. Já a Professora Laura relata a dificuldade de se participar das etapas estadual e nacional do Encontro e pede apoio financeiro das seções e da Secretaria Regional do Andes.

No encerramento do evento, o professor Caiuá Cardoso relatou as dificuldades de agenda e de organização desta edição do encontro, valorizando a participação das seções que se deslocaram até Santa Maria. “Gostaríamos de agradecer a cada um que veio, especialmente à Sedufsm - que aceitou nos receber tão em cima da hora-  e agradecer às comitivas que vieram em peso: isso demonstra o nosso voluntarismo para a luta” ressaltou Caiuá ao se despedir dos presentes no auditório.

 

Texto e fotos: Ivan Lautert

Assessoria de imprensa da Sedufsm

 



Fotos



* Clique na foto para Ampliar!


Compartilhe com sua rede social!














© 2018 SEDUFSM
Rua André Marques, 665 - Centro, Santa Maria, RS - 97010-041
Website por BM2 Tecnologia em Internet