Notícias

03/05/2018   03/05/2018 17h51 | A+ A- | 291 visualizações

Curso sobre o Golpe de 2016 inicia no sábado, 5, na UFSM

Organização registrou quase 400 solicitações de inscrição e já planeja segundo módulo


Encontros ocorrem todos os sábados, até o dia 7 de julho

Neste sábado, 5 de maio, inicia o curso de extensão intitulado “O golpe de 2016 e o futuro da democracia no Brasil”. A partir das 14h, no Auditório da Antiga Reitoria da UFSM, ocorre a mesa de debate “Golpes de Estado no Brasil Republicano: o golpe de 2016 em um contexto histórico, político e constitucional”, da qual participarão os professores Diorge Konrad (História/UFSM), José Carlos Martines Belieiro Jr. (Ciências Sociais/UFSM) e Márcio Bernardes (Direito/Unifra).

Organizado por professores (as) atuantes em diversos departamentos da UFSM, o curso ocorrerá até o dia 7 de julho, porém, dada a grande procura, os (as) organizadores (as) já planejam um Módulo II para o segundo semestre. Segundo Marília Denardin Budó, docente do departamento de Direito e envolvida na elaboração do curso, foram registradas 368 solicitações de inscrição, o que levou a organização a encerrar o prazo de inscrições dez dias antes do previsto inicialmente.

Dessas quase 400 solicitações, apenas 180 puderam ser confirmadas, dado que o Auditório onde ocorrerão os debates tem capacidade limitada. A docente explica que as inscrições não confirmadas estão em uma lista de espera para, em caso de desistências, serem convidadas a participar. E, ainda, se após as 14h sobrarem lugares vazios no Auditório, será autorizada a entrada de quem estiver do lado de fora.

Caso você não tenha conseguido se inscrever a tempo, acalme-se. Todas as mesas de debate serão gravadas e disponibilizadas, posteriormente, no youtube.

Confira, abaixo, a programação completa do curso:

05/05: “Golpes de Estado no Brasil Republicano: o golpe de 2016 em um contexto histórico, político e constitucional”

Ministrantes: Diorge Konrad, José Carlos Martines Belieiro Júnior e Márcio de Souza Bernardes

12/05: “A onda conservadora e o ressentimento de classe”

Ministrantes: Ricardo Mayer (Ciências Sociais/UFSM) e Janaína Xavier do Nascimento (Ciências Sociais/UFSM)

26/05: “Corrupção, mal e democracia”

Ministrantes: Juliana Oliveira Missaggia (Filosofia/UFSM), José Lourenço da Silva (Filosofia/UFSM) e Vilmar Debona (Filosofia/UFSM)

09/06: “SUS: ameaças e retrocessos nas políticas públicas de saúde”

Ministrantes: Teresinha Weiler (Enfermagem/UFSM), Liane Righi (Saúde Coletiva/UFSM) e Sueli Barrios (coordenadora da Comissão de Educação Permanente para o Controle Social do Conselho Nacional de Saúde)

16/06: “O caráter misógino e branco do golpe: retrocessos no campo das políticas públicas para as mulheres, e as populações negra e LGBTTQI”

Ministrantes: Laura Fonseca (Serviço Social/UFSM), Laura Cortes (Enfermagem/UFSM) e Maria Celeste Landerdahl (Enfermagem/UFSM)

23/06: “A reforma do Ensino Médio e seus impactos nas políticas públicas pós-Golpe”

Ministrantes: Cláudia Cisiane (Metodologia do Ensino/UFSM), Elizete Tomazetti (Metodologia do Ensino/UFSM), Ascísio Pereira (Fundamentos da Educação/UFSM).

30/06: “O golpe na agricultura familiar e na reforma agrária”

Ministrantes: Marcos Piccin (Educação Agrícola e Extensão Rural/UFSM), Everton Picolotto (Ciências Sociais/UFSM) e Alisson Zarnott (Educação Agrícola e Extensão Rural/UFSM)

07/07: “O golpe de 2016 e os retrocessos nos direitos individuais, sociais e difusos: criminalização, reformas trabalhista e previdenciária e riscos ao meio ambiente”

Ministrantes: Waleska Cardoso (Professora de Direito na Fadisma), Marília Denardin Budó (Direito/UFSM) e Márcio Brum (Mestre em Direito e Advogado)

 

Texto: Bruna Homrich

Imagem: Divulgação

Assessoria de Imprensa da Sedufsm



Fotos



* Clique na foto para Ampliar!


Compartilhe com sua rede social!














© 2018 SEDUFSM
Rua André Marques, 665 - Centro, Santa Maria, RS - 97010-041
Website por BM2 Tecnologia em Internet