Notícias

06/08/2018   08/08/2018 15h49 | A+ A- | 564 visualizações

Ato público no próximo sábado denuncia feminicídios

‘Justiça para Isadora’ ocorre dia 11, a partir das 14h, na praça dos Bombeiros


Rogério Froner Costa: queremos dar um basta aos homens que matam mulheres

Nosso objetivo é denunciar os casos de violência contra a mulher, os crimes de feminicídio, dando um basta à impunidade. Dessa forma o cirurgião-dentista, Rogério Froner Costa, caracteriza as motivações dos organizadores do ato público “Justiça para Isadora!”, que ocorre no próximo sábado, 11 de agosto, a partir das 14h até as 17h, na praça dos Bombeiros, em Santa Maria, do qual a Sedufsm é apoiadora.

Costa é pai de Isadora Viana Costa, 22 anos, morta no dia 8 de maio, vítima de agressões que teriam sido cometidas pelo namorado, Paulo Xisto Filho. No entendimento do dentista, no Brasil, a punição para os casos de feminicídios ainda enfrenta dificuldades, seja por investigações lentas, seja por um sistema em que, dependendo do autor do crime, o poder econômico acaba sendo bastante influente.

A organização da manifestação que ocorrerá no sábado, segundo Rogério Froner Costa, é uma forma de tentar transformar a dor em um grito por justiça. “Queremos evitar que novos casos como o de Isadora aconteçam”, ressalta o pai, que confessa estar enfrentando momentos de muita tristeza.

Em relação à programação do ato público, ele explica que será uma atividade político-cultural e que já conta com o apoio de diversas entidades, como a da Comissão de Direitos Humanos (CDH) da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB). Ocorrerão na praça dos Bombeiros apresentação de esquetes teatrais e musicais.

Confira a programação divulgada pelos organizadores do ato:

- Show musical com Renato Miraihl, Mel Vieira, Eduardo Agostta e Giana.
- Apresentações da Royale Escola de Dança e do Grupo de Capoeira Candeeiro.
- Performance teatral Carne Vermelha com Barbara Cembranel.
- Oficina de origami com Kalu Flores.

Haverá, ainda, distribuição de erva mate e água quente.

As atividades contam com o apoio e participação de grupos feministas de Santa Maria, Cpers/Sindicato, Comissão de Direitos Humanos da Câmara dos Deputados, Comissão de Direitos Humanos da Câmara de Vereadores, Assembleia Legislativa, Seção Sindical dos Docentes da Universidade Federal de Santa Maria (Sedufsm), Procuradoria da Mulher da Assembleia Legislativa, Comissão da Violência Contra a Mulher da Câmara dos Deputados, Comissão dos Direitos das Mulheres da Câmara dos Deputados, Bloco TPM (Meninas Feministas Percussionistas) e Associação de Familiares de Vítimas e Sobreviventes da Tragédia em Santa Maria (ATVSM).

Caso esteja interessado (a), confirme aqui sua participação no evento do próximo sábado.



Texto: Fritz R. Nunes com informaões do evento 'Justiça para Isadora' no facebook.

Foto: Ivan Lautert

Assessoria de imprensa da Sedufsm



Fotos



* Clique na foto para Ampliar!


Compartilhe com sua rede social!














© 2018 SEDUFSM
Rua André Marques, 665 - Centro, Santa Maria, RS - 97010-041
Website por BM2 Tecnologia em Internet