Notícias

17/10/2018   17/10/2018 11h39 | A+ A- | 126 visualizações

É impossível fazer pesquisa sem esperança, diz professora a jornal da Sedufsm

Edição de Agosto/Setembro ainda destaca aperto na pós-graduação


Capa de Agosto/Setembro

A nova edição do jornal da Sedufsm, referente aos meses de Agosto/Setembro, começou nesta segunda-feira, 15, a ser distribuída na casa dos (as) docentes sindicalizados (as). Desta vez, a entrevistada é a docente visitante do departamento de Ciências Sociais da UFSM, Rosana Pinheiro-Machado. Ela, que é colunista da revista Carta Capital, vem sendo referência quando o assunto é adoecimento na pós-graduação, especialmente após ter escrito texto intitulado ‘Precisamos falar sobre a vaidade na vida acadêmica’, publicado pela revista em fevereiro de 2016.

Questões comumente intocadas na dinâmica da pós, como o ‘mito da genialidade’, que leva os (as) pesquisadores (as) a tentarem alcançar um ideal de produtividade e perfeição inalcançável (ou extremamente restrito), são abordadas na entrevista concedida por Rosana à Assessoria de Imprensa da Sedufsm. Confira a prosa na página 6, editoria ‘Com a Palavra’. Se você ainda não recebeu seu jornal, ou não é sindicalizado (a), pode acessar a edição em sua versão online aqui.

Cortes na pós

Intimamente ligada ao cenário criticado por Rosana, que tinge de desesperança a geração atual de pós-graduandos (as), a ‘Reportagem Especial’ (págs. 4 e 5), texto de maior fôlego do jornal, traz como pauta o contingenciamento orçamentário da pós-graduação na UFSM. Entre os anos de 2014 e 2016, os recursos do Programa de Apoio à Pós-Graduação (PROAP) advindos diretamente da Capes e relacionados com o conceito do curso e com o número de bolsas de mestrado e doutorado existentes em cada curso, amargaram um corte de R$ 2.089.194,76 milhões.

Os dados foram obtidos por meio de entrevista realizada pela Assessoria de Imprensa da Sedufsm com o pró-reitor de Pós-Graduação e Pesquisa, Paulo Renato Schneider. Para saber como um corte de tamanha magnitude vem afetando a vida dos (as) estudantes e professores (as) que se dedicam à pesquisa, a Assessoria ouviu alguns coordenadores de pós-graduação na UFSM, bem como a Associação de Pós-Graduandos (APG) da instituição.

Ainda nesta edição

Na página 8, o perfil de Felipe Ricachenevsky, docente do departamento de Biologia da UFSM que desenvolve pesquisas com o intuito de qualificar o consumo de nutrientes nos hábitos alimentares diários.

Ainda nesta página, a professora Luciana Carvalho, do departamento de Comunicação Social da UFSM em Frederico Westphalen, comenta o filme ‘Ele está de volta’, uma verdadeira alegoria sobre o avanço das ideias fascistas em nossos dias.

*Se você tem sugestão de pautas para o jornal da Sedufsm, escreva para sedufsm@terra.com.br ou brunahomrich.sedufsm@gmail.com. Boa leitura!

 

Texto: Bruna Homrich

Imagem: J. Adams Propaganda

Assessoria de Imprensa da Sedufsm



Fotos



* Clique na foto para Ampliar!


Compartilhe com sua rede social!














© 2018 SEDUFSM
Rua André Marques, 665 - Centro, Santa Maria, RS - 97010-041
Website por BM2 Tecnologia em Internet