Notícias

30/10/2018   30/10/2018 18h06 | A+ A- | 197 visualizações

ANDES-SN orienta docentes sobre onda de ataques em universidades

Sindicato publica nota esclarecendo iniciativas tomadas e aguarda parecer jurídico


No final da tarde de segunda-feira (29), a direção nacional do ANDES-SN publicou uma Nota Política sobre ataques que estão ocorrendo contra docentes, em todo o país. O Sindicato também está informando sobre as iniciativas adotadas pela direção nacional.

Para o ANDES-SN é fundamental “que os/as professores/as se mantenham em tranquilidade, não deixando o pânico se espalhar entre nós e que registrem todos os casos de ameaças e procurem imediatamente a sua seção sindical para fazer denúncia”, orienta a Nota.

O texto ainda informa que novas orientações da Assessoria Jurídica Nacional serão divulgadas nos próximos dias, sobre como proceder em caso de agressões, ameaças e violências.

De acordo com o texto, após o anúncio da vitória de Jair Messias Bolsonaro (PSL), foram desencadeadas, em várias partes do país, ações violentas. Tais ações “ganharam vulto nas ruas, estendendo-se ao ambiente acadêmico, na medida em que grupos e políticos conservadores divulgaram a realização de atos políticos dentro das Instituições de Ensino Superior (IES) com o propósito de intimidar e ameaçar a comunidade acadêmica no decorrer desta semana”.

Entre essas ações está a sugestão de que “estudantes realizem perseguições da prática docente, gravando discursos proferidos por professores em salas de aulas, para posteriores denúncias”.

A nota política também avalia que “é necessário ter muito cuidado com a reprodução de notícias que podem ser fake news, uma dessas gerada domingo, após o resultado das eleições, que foi uma suposta nota da ANDIFES suspendendo as aulas nas Universidades”. De acordo com a avaliação do sindicato, essas mensagens “geram pânico e não nos ajudam a agirmos com cautela e celeridade, atrapalham as ações e nos desviam do foco central. Por isso orientamos que só repassem informações que tenha certeza da veracidade”.

“O momento é de unidade de ação de forma ampla e de ações conjuntas na defesa das Universidades Públicas, Institutos Federais e CEFET e das liberdades democráticas. Seguiremos firmes na luta e convocamos nossa categoria a se fortalecer de forma coletiva”, conclui a Nota Pública.

O ANDES-SN reafirma:

Se fere nossa existência, seremos resistência!

Não ao Fascismo!

Em Defesa das Universidades Públicas!

Em Defesa das Liberdades Democráticas!

Leia a Nota Política aqui.

Fonte: ANDES-SN

Edição: Fritz R. Nunes (Sedufsm)

 

 



Fotos



* Clique na foto para Ampliar!

Comentários



ALCIDES G ADORNES disse...

Dia 05/11/18 às 16:22

Docentes avisaram o ANDES desde 2013 sobre ataques a democracia. O que o ANDES fez? O que CSP-CONLUTAS fez? Depois de 5 anos, de total falta de visão e previsão, o Andes começou a entender quais seriam as consequências do retumbante silêncio.



Compartilhe com sua rede social!














© 2018 SEDUFSM
Rua André Marques, 665 - Centro, Santa Maria, RS - 97010-041
Website por BM2 Tecnologia em Internet