Notícias

20/12/2018   20/12/2018 17h12 | A+ A- | 81 visualizações

Paulo Rizzo diz que sindicato deve ouvir professores quanto a cenário futuro

Ex-presidente do ANDES-SN vê direitos ameaçados com governo Bolsonaro


Rizzo preocupa-se com postura entreguista de futuro governo Bolsonaro

Presidente do ANDES-SN nas gestões 2006-2008 e 2014-2016, Paulo Rizzo, docente aposentado da UFSC, esteve recentemente em Santa Maria participando do seminário “Carreira Docente e Perspectivas Futuras”, promovido pela Sedufsm. Aproveitando o ensejo, a Assessoria de nossa seção sindical realizou breve entrevista em vídeo com o ex-dirigente, para quem é impossível que a categoria docente não se mobilize, no próximo ano, frente aos ataques desferidos pelo governo contra a carreira, os salários e a aposentadoria.

“O sindicato tem que ouvir os professores e ajudá-los a superar este momento, estando preparado para ser o espaço de organização e construção de perspectivas para a categoria”, indica Rizzo, que vê, no momento político atual, uma preponderância de valores como meritocracia e competitividade, bem como de saídas individuais para problemas coletivos. Quanto ao futuro governo de Jair Bolsonaro (PSL), o ex-presidente critica a entrega do patrimônio e do conhecimento brasileiros, fomentada pelo alinhamento explícito entre o presidente eleito no Brasil e Donald Trump (EUA).

Confira, abaixo, a entrevista completa em vídeo:

Texto: Bruna Homrich

Foto: Fritz Nunes e Rafael Balbueno

Entrevista concedida a Ivan Lautert e Rafael Balbueno

Assessoria de Imprensa da Sedufsm



Fotos



* Clique na foto para Ampliar!


Compartilhe com sua rede social!














© 2019 SEDUFSM
Rua André Marques, 665 - Centro, Santa Maria, RS - 97010-041
Website por BM2 Tecnologia em Internet