Notícias

21/03/2019   21/03/2019 11h34 | A+ A- | 532 visualizações

Docentes da UFSM paralisam aulas nesta sexta, dia 22

Decisão tomada em assembleia se deve à contrariedade à reforma da previdência


Assembleia dos professores no último dia 13 de março

A categoria docente na UFSM irá paralisar as aulas nesta sexta, dia 22 de março. A decisão foi aprovada em assembleia no último dia 13 de março e segue orientação do ANDES-SN e das principais centrais sindicais do país, que realizam um Dia de Lutas, Protestos e Paralisações nesta sexta contra o projeto de reforma da previdência. Conforme a diretoria da Sedufsm, não será apenas um dia de paralisação, mas também de mobilização, com discussões acerca dos prejuízos desse projeto encaminhado pelo presidente Jair Bolsonaro, e que acarretará no desmonte da previdência pública.

Confira a programação desta sexta-feira:

10h: Debate sobre a reforma da previdência, com o diretor da Sedufsm, professor Gihad Mohamad. O local é o Centro de Educação Física (CEFD), no Centro Didático e Artístico (CAD). A atividade organizada pelas entidades representativas dos três segmentos (Sedufsm, Assufsm, Atens e DCE);

16h30: Concentração para o ato público contra a reforma da previdência, na praça Saldanha Marinho;

19h30: Debate promovido pelo curso de Direito intitulado “Proposta do governo da Reforma da Previdência”, que terá a abordagem do professor Gihad Mohamad (diretor da Sedufsm) e da advogada Gabriela do Canto Perez (Jobim Advogados Associados). O local do evento é o ‘Salão do Júri’, localizado no prédio da Antiga Reitoria, na rua Floriano Peixoto, 1184.

Leia mais aqui sobre a programação de atividades desta sexta, dia 22.

Texto: Fritz R. Nunes

Assessoria de imprensa da Sedufsm

 



Fotos



* Clique na foto para Ampliar!


Compartilhe com sua rede social!














© 2019 SEDUFSM
Rua André Marques, 665 - Centro, Santa Maria, RS - 97010-041
Website por BM2 Tecnologia em Internet