Notícias

13/05/2019   13/05/2019 17h15 | A+ A- | 205 visualizações

‘Balbúrdia na praça’ se contrapôs aos ataques à UFSM

Estudantes comandaram atividades no centro de Santa Maria, no sábado, 11


Na praça Saldanha Marinho, junto à barraca da UFSM na Feira do Livro

O último sábado, 11 de maio, foi de muita movimentação na praça Saldanha Marinho e também na antiga rua 24h, em Santa Maria. Liderada pelo DCE da UFSM, mas também respaldada pelas entidades de professores (Sedufsm) e técnicos (Assufsm e APG), ocorreu o evento “Balbúrdia na praça”, das 9h às 18h. Foram montados espaços com banners, tanto na praça Saldanha Marinho, junto à barraca da UFSM na Feira do Livro, como também na antiga rua 24h, a poucos metros da praça.

A atividade foi uma oportunidade de diálogo com a comunidade sobre os trabalhos e pesquisas relevantes que são implementados na UFSM. Os estudantes também aproveitaram, especialmente através de um aparelho de som com microfone, e também pela distribuição de panfletos, chamar a atenção da sociedade em relação às ameaças à instituição, por parte do governo federal, que anunciou o corte de recursos orçamentários na ordem de 30%, além de suspensão de bolsas da pós-graduação.

O efeito da manifestação do último sábado repercutiu muito bem nas redes sociais. E, na avaliação geral, muitos elogios à iniciativa capitaneada pelo DCE. Gihad Mohamad, diretor da Sedufsm, parabenizou a mobilização estudantil. Para o professor Luís Eduardo Robaina, estudantes “deram aula de cidadania”. A ideia é que iniciativas como essa voltem a se repetir.

Texto e fotos: Fritz R. Nunes

Assessoria de imprensa da Sedufsm



Fotos



* Clique na foto para Ampliar!


Compartilhe com sua rede social!














© 2019 SEDUFSM
Rua André Marques, 665 - Centro, Santa Maria, RS - 97010-041
Website por BM2 Tecnologia em Internet