MOBILIZAÇÃO CONTRA REFORMA ADMINISTRATIVA

Sindicato

ATENDIMENTO DA SEDUFSM

A Sedufsm informa que a partir de segunda, 23 de março, a sede do sindicato estará fechada e todos os atendimentos serão realizados de forma remota (online), por tempo indeterminado. Os (as) sindicalizados (as) poderão entrar em contato com a entidade das 8h às 12h e das 14h às 18h através do e-mail sedufsm@terra.com.br ou dos telefones (55) 99614-2696 e (55) 99935-8017.


Espaço Cultural

Reflexões Docentes

Contatos SEDUFSM

(55) 3222 5765

Segunda à Sexta
08h às 12h e 14h às 18h

Endereço

SEDUFSM
Rua André Marques, 665
Centro, Santa Maria - RS
97010-041

Email

Fale Conosco - escreva para:
sedufsm@terra.com.br

Twitter

SEDUFSM

Facebook

SEDUFSM

Youtube

SEDUFSM

Notícias

02/10/2020   02/10/20 14h40 | A+ A- | 417 visualizações

Dica cultural: docente recomenda leitura de manual antirracista

Mônica Barboza, do curso de Dança da UFSM, indica obra da escritora Djamila Ribeiro


Djamila Ribeiro: escritora, militante feminista e sua obra antirracista

Sextou na quarentena! Nesta sexta, 2 de outubro, trazemos mais uma dica cultural para quem quiser usufruir nesse período de isolamento social. A sugestão de hoje vem da professora Mônica Barboza, do curso de Licenciatura em Dança da UFSM (Centro de Educação Física e Desportos-CEFD). Para a docente, a leitura da obra da filósofa, escritora e feminista, Djamila Ribeiro é “essencial” na conjunta histórica e política pela qual atravessa o país.

Na visão da professora do CEFD, a publicação de 2019, intitulada de “Pequeno Manual Antirracista” escancara de forma “brilhante”, as “feridas abertas da opressão a que a comunidade negra é submetida” e, ao mesmo tempo, conclama a uma “urgente militância antirracista”. Leia a seguir, a íntegra da dica cultural da professora Mônica Barboza.

Manual contra o racismo

“Minha indicação é o livro “Pequeno Manual Antirracista”, publicado em 2019 pela editora Companhia das Letras. Uma leitura atual e essencial para nosso momento histórico! Em poucas e profundas palavras, Djamila Ribeiro nos traz, com sua competência, clareza e potência acadêmica, aspectos fundamentais para todos, todas e todes, negros ou não, nos depararmos com a dura realidade do racismo enraizado na cultura do nosso país.

 A brilhante escritora escancara as feridas abertas da opressão a que a comunidade negra é submetida, sobretudo em nosso tempo, e conclama por uma urgente militância antirracista. Ler a outra mulher negra me enche de força para seguir na luta pela igualdade racial e justiça social! Este é um livro que deveria circular por escolas e universidades pois nos inquieta, faz refletir e avançar no enfrentamento às desigualdades impostas por nosso sistema excludente.

Em sua pequena e grandiosa obra, Djamila nos leva a todo o momento a fazermo-nos a pergunta: o que tenho feito para combater e enfrentar o racismo? Assim, nos instiga a buscar posturas cotidianas mais humanas, responsáveis e honestas!”.

Mônica Corrêa de Borba Barboza

Professora do curso de Licenciatura em Dança do CEFD-UFSM.

 

Edição: Fritz R. Nunes

Imagens: You Tube e arquivo pessoal

Assessoria de imprensa da Sedufsm



Fotos



* Clique na foto para Ampliar!


Compartilhe com sua rede social!














© 2021 SEDUFSM
Rua André Marques, 665 - Centro, Santa Maria, RS - 97010-041