MOBILIZAÇÃO CONTRA REFORMA ADMINISTRATIVA

Sindicato

ATENDIMENTO DA SEDUFSM

A Sedufsm informa que, desde o dia 23 de março de 2020, em função da pandemia, a sede do sindicato está fechada e os atendimentos sendo realizados de forma remota. Os (as) sindicalizados (as) podem entrar em contato com a entidade das 8h às 12h e das 14h às 18h através do e-mail sedufsm@terra.com.br ou pelos telefones (55) 99962-2248 e (55) 99935-8017.


Espaço Cultural

Reflexões Docentes

Contatos SEDUFSM

(55) 3222 5765

Segunda à Sexta
08h às 12h e 14h às 18h

Endereço

SEDUFSM
Rua André Marques, 665
Centro, Santa Maria - RS
97010-041

Email

Fale Conosco - escreva para:
sedufsm@terra.com.br

Twitter

SEDUFSM

Facebook

SEDUFSM

Youtube

SEDUFSM

Notícias

08/10/2020   08/10/20 19h00 | A+ A- | 556 visualizações

Eleição na Sedufsm será em data diferente da que ocorrerá no ANDES-SN

Decisão tomada em assembleia na tarde desta quinta, 8, atende sugestão da comissão eleitoral local


Comissão eleitoral, presidida por Getúlio Lemos, deve apresentar proposta de regimento em breve

A eleição para a diretoria da Sedufsm bem como para o Conselho de Representantes da entidade ocorrerá em data diferente daquela na qual acontecerá o pleito ao ANDES-SN. Enquanto em nível nacional, a data das eleições telepresenciais já está marcada para o período de 3 a 6 de novembro, tendo em vista que o período de inscrições de chapas já findou, no caso da seção sindical docente da UFSM, o processo está em frase embrionária, necessitando divulgar datas para inscrição e homologação de chapa (ou chapas) e somente a partir daí iniciar o debate eleitoral rumo ao pleito.

A sugestão de não coincidência das datas foi da Comissão Eleitoral Local (CEL), presidida pelo professor Getúlio Lemos, e acatada pela maioria dos presentes à assembleia virtual da tarde desta quinta, 8. A CEL apontou uma possibilidade de data: 19 e 20 de novembro. Porém, essa data ainda terá que ser fechada numa próxima assembleia, quando for colocado em discussão e apreciação o regimento eleitoral.

Durante a plenária foram avaliadas duas propostas: a proposta 1, que entendia que a eleição da Sedufsm deveria coincidir com a do ANDES-SN; a proposta 2, que defendia seguir a sugestão da CEL, de não coincidência da data. A proposta 1 recebeu um voto, a proposta 2 recebeu 14 votos. Houve ainda 15 abstenções entre os presentes, sendo que vários deles justificaram que discordavam do processo virtual (mesmo o telepresencial) por ferir o estatuto do ANDES-SN, que só permite eleição presencial.

Reforma administrativa

No preâmbulo da assembleia, na parte destinada aos informes, a secretária-geral da Sedufsm, professora Maristela Souza, fez um resumo do andamento de iniciativas aprovadas em reunião anterior, que encaminhavam a necessidade de disponibilizar nos meios eletrônicos da Sedufsm, as explanações dos assessores jurídicos da Sedufsm e da ex-presidente do ANDES-SN, Marinalva Oliveira. A exposição de Marinalva foi postada nas redes sociais do sindicato ainda na tarde desta quinta-feira, e a dos advogados, será postada amanhã.

Quanto à sugestão também aprovada na plenária da semana passada, que fala na solicitação aos vereadores que encaminhem uma moção de repúdio ao projeto de reforma administrativa (PEC 32/20), Maristela Souza destacou que o momento não é dos melhores, tendo em vista que as sessões plenárias estão suspensas em virtude da pandemia e também da própria campanha eleitoral.

Já o professor Francisco Freitas, membro do Grupo de Trabalho de Seguridade Social e Assuntos de Aposentadoria (GTSSA) enfatizou que essa decisão era assemblear e, que, por isso, deveria ser cumprida. Sugeriu que a solicitação seja feita ao presidente da Câmara e que, a partir disso, a tarefa ficaria nas mãos do dirigente do Legislativo.

Ficou acordado, ainda, como forma de cumprir determinação de assembleia, de realizar reuniões em caráter permanente, que uma nova plenária para tratar como pauta única a reforma administrativa, procurando esmiuçá-la e, ao mesmo tempo, propor ações de enfrentamento, será convocada para a próxima sexta, 16 de outubro, a partir das 13h30min. Conforme Maristela, antes de sexta fica inviável, pois a diretoria tem duas reuniões, na quarta (14) e na quinta (15) com departamentos de ensino para dialogar sobre a PEC 32/20.

O presidente da Comissão Eleitoral Local, professor Getúlio Lemos, alertou que será preciso realizar uma assembleia em breve para aprovação do regimento das eleições da Sedufsm. Conforme sugestão da reunião ocorrida hoje (quinta), essa assembleia deverá ser, possivelmente, na semana que inicia em 19 de outubro, agregando a essa mesma pauta, a apreciação e deliberação sobre o regimento do Conselho de Representantes da Sedufsm. Conforme a conselheira Helenise Sangoi Antunes, o regimento está pronto, e deveria ser apreciado antes de encerrados os mandatos da atual diretoria e dos atuais membros do Conselho.

Novo coletivo político

Usando o espaço de informes, a professora do departamento de Fundamentos da Educação, Fabiane Costas, que foi diretora da Sedufsm em várias gestões, apresentou (leu) o manifesto de um novo coletivo político formado na base da Sedufsm cujo nome homenageia um ex-dirigente histórico do ANDES-SN, professor Edmundo Fernandes Dias.

No manifesto apresentado pela professora e, que, em breve, será disponibilizado nos meios de divulgação da seção sindical, foram rememorados momentos da história do Sindicato Nacional, como por exemplo, a saída da CUT em 2005, a fundação do Proifes, considerada uma entidade criada com atrelamento à CUT e aos governos petistas. Também foram feitas críticas tanto à atual diretoria do ANDES-SN, quanto ao grupo de oposição, Renova ANDES, por terem, na leitura do coletivo Edmundo Fernandes Dias, se associado em uma medida “insensata”, de realizar eleição (telepresencial) em meio a uma pandemia, desrespeitando o estatuto do Sindicato Nacional.

Durante a leitura da professora Fabiane, algumas manifestações de docentes reclamando que a manifestação não se enquadrava no item de “informes” da pauta da assembleia. Essas ponderações não foram acatadas pela mesa diretora da plenária que, no entanto, aceitou colocar em ata a reclamação da professora Laura Fonseca, do coletivo Renova Sedufsm, cuja argumentação seguiu na linha de que não era um informe, mas uma manifestação política, legítima, mas fora do ponto.

A mesa diretora da assembleia da sedufsm foi conduzida pelo presidente, professor Júlio Quevedo, e pela secretária-geral da entidade, Maristela Souza. A presençana plenária, que ocorreu pelo Google Meet, variou entre 30 e 35 docentes.

Texto e imagens (prints): Fritz R. Nunes

Assessoria de imprensa da Sedufsm

 



Fotos



* Clique na foto para Ampliar!


Compartilhe com sua rede social!














© 2021 SEDUFSM
Rua André Marques, 665 - Centro, Santa Maria, RS - 97010-041