MOBILIZAÇÃO CONTRA REFORMA ADMINISTRATIVA

Sindicato

ATENDIMENTO DA SEDUFSM

A Sedufsm informa que, desde o dia 23 de março de 2020, em função da pandemia, a sede do sindicato está fechada e os atendimentos sendo realizados de forma remota. Os (as) sindicalizados (as) podem entrar em contato com a entidade das 8h às 12h e das 14h às 18h através do e-mail sedufsm@terra.com.br ou pelos telefones (55) 99962-2248 e (55) 99935-8017.


Espaço Cultural

Reflexões Docentes

Contatos SEDUFSM

(55) 3222 5765

Segunda à Sexta
08h às 12h e 14h às 18h

Endereço

SEDUFSM
Rua André Marques, 665
Centro, Santa Maria - RS
97010-041

Email

Fale Conosco - escreva para:
sedufsm@terra.com.br

Twitter

SEDUFSM

Facebook

SEDUFSM

Youtube

SEDUFSM

Notícias

09/10/2020   09/10/20 13h09 | A+ A- | 781 visualizações

Docentes da base da Sedufsm criam coletivo “Edmundo Fernandes”

Manifesto de criação do grupo foi lido na assembleia ocorrida na tarde de quinta, 8


Professora Fabiane Costas informou criação do coletivo em assembleia e leu um manifesto

Durante a assembleia ocorrida na tarde desta quinta, 8 de outubro, foi anunciada pela professora Fabiane Costas, do departamento de Fundamentos da Educação da UFSM, presidente da seção sindical entre os anos de 2009 e 2010, a criação de um novo grupo político que passa a integrar a base da Sedufsm: o ‘Coletivo Edmundo Fernandes por uma SEDUFSM classista, autônoma, democrática e de luta’. O anúncio se deu a partir da leitura de um manifesto intitulado “Eleições virtuais no ANDES-SN: a que e a quem serve este ‘novo normal’.”

No documento, através do qual o novo Coletivo é descrito consta que “esse grupo tem como fundamento comum a defesa intransigente dos princípios que balizam os processos decisórios democráticos e o respeito às deliberações de sua base, que tem a assembleia como fórum primeiro, os CONADS a seguir e, principalmente, o Congresso Anual do ANDES-SN, plenário este que reverbera as resoluções provindas desses outros espaços deliberativos de forma a debatê-las”.

O grupo justifica que um dos motivos dessa insurgência foi a decisão, em âmbito nacional, através do 9º Conselho do ANDES-SN (Conad), de estabelecer uma nova metodologia para o processo eleitoral do ANDES-SN:  as eleições “tele presenciais”. Para o Coletivo, essa decisão desconsiderou completamente a “carta magna” do sindicato nacional, que é o estatuto, pois não há previsão nesse documento que indique a possibilidade de eleições virtuais. No entendimento do grupo da base da Sedufsm, “essa decisão foi um golpe sem precedentes à democracia interna e às decisões de base”.

Na visão do Coletivo Edmundo Fernandes, o grupo surge “como uma voz simultaneamente dissonante e depositária de uma história de lutas e conquistas. Dissonante dessa política eleitoreira de ocasião, pela qual aqueles e aquelas que a ela se filiam e disseminam serão cobrados pela história e, concomitantemente, depositária do legado de uma luta classista, pois entendemos que: autonomia, democracia e respeito às trajetórias do ANDES-SN e da SEDUFSM não se negociam e são princípios a serem preservados”.

O texto de apresentação do Coletivo finaliza dizendo que “nada mais coerente que escolhêssemos um nome que expresse a grandeza da luta do ANDES-SN: Edmundo Fernandes. Com um histórico de lutas no ANDES-SN, que com certeza deixou um legado de conteúdo classista e coerência política a esse sindicato, que deve ser resguardado”. Para saber mais quem foi Edmundo Fernandes Dias, falecido em 3 de maio de 2013, clique aqui. E sobre a repercussão do falecimento de Edmundo, acesse aqui.

Tanto o documento que explica o que é o Coletivo, bem como o manifesto apresentado na assembleia desta quinta podem ser lidos abaixo, em anexo, em "documentos".

 

Texto e imagem (print): Fritz R. Nunes

Assessoria de imprensa da Sedufsm

 



Fotos



* Clique na foto para Ampliar!

Documentos




Compartilhe com sua rede social!














© 2021 SEDUFSM
Rua André Marques, 665 - Centro, Santa Maria, RS - 97010-041