MOBILIZAÇÃO CONTRA REFORMA ADMINISTRATIVA

Sindicato

ATENDIMENTO DA SEDUFSM

A Sedufsm informa que, desde o dia 23 de março de 2020, em função da pandemia, a sede do sindicato está fechada e os atendimentos sendo realizados de forma remota. Os (as) sindicalizados (as) podem entrar em contato com a entidade das 8h às 12h e das 14h às 18h através do e-mail sedufsm@terra.com.br ou pelos telefones (55) 99962-2248 e (55) 99935-8017.


Espaço Cultural

Reflexões Docentes

Contatos SEDUFSM

(55) 3222 5765

Segunda à Sexta
08h às 12h e 14h às 18h

Endereço

SEDUFSM
Rua André Marques, 665
Centro, Santa Maria - RS
97010-041

Email

Fale Conosco - escreva para:
sedufsm@terra.com.br

Twitter

SEDUFSM

Facebook

SEDUFSM

Youtube

SEDUFSM

Notícias

09/12/2020   09/12/20 16h26 | A+ A- | 494 visualizações

Portaria do MEC sobre retorno ao presencial: ‘nada muda até fevereiro’, diz vice-reitor

Reitoria da UFSM diz que documento divulgado dia 7 permite análise da situação de cada local antes de retornar


Campus da UFSM, prédio da reitoria ao fundo

O vice-reitor da UFSM, professor Luciano Schuch, se manifestou à assessoria de imprensa da Sedufsm, nesta tarde (9/12) sobre a portaria nº 1038, divulgada na segunda, 7 de dezembro, pelo Ministério da Educação. O documento indica o retorno às aulas presenciais nas universidades a partir de a partir de 1º de março de 2021, “recomendada a observância de protocolos de biossegurança para o enfrentamento da pandemia de Covid-19."

Segundo Schuch, houve uma reunião nesta manhã com os diretores de Centro da instituição, e há um entendimento de que nada muda até fevereiro, mantendo o ensino remoto conforme aprovado no Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão (Cepe). No início de março, diz o vice-reitor, a situação será avaliada e assim se ter clareza sobre a existência ou não de condições de volta à presencialidade. Schuch acredita que a portaria do MEC, editada no início desta semana, abre espaço para que cada instituição defina de forma autônoma.

PRIMEIRO, A VACINA

Na avaliação da presidente da Sedufsm, professora Laura Regina da Fonseca, manifestada em nota publicada ontem, o retorno às aulas presenciais deve ocorrer somente depois que houver plena segurança, e isso só ocorrerá após a comunidade universitária ser vacinada contra a Covid-19.

A dirigente da Sedufsm também reiterou que o governo precisa respeitar o poder de decisão de cada instituição, já que a Constituição Federal, em seu artigo 207, é muito clara quanto à autonomia administrativa e financeira das universidades.

 

Texto: Fritz R. Nunes

Imagem: UFSM

Assessoria de imprensa da Sedufsm



Fotos



* Clique na foto para Ampliar!


Compartilhe com sua rede social!














© 2021 SEDUFSM
Rua André Marques, 665 - Centro, Santa Maria, RS - 97010-041