MOBILIZAÇÃO CONTRA REFORMA ADMINISTRATIVA

Sindicato

ATENDIMENTO DA SEDUFSM

A Sedufsm informa que a partir de segunda, 23 de março, a sede do sindicato estará fechada e todos os atendimentos serão realizados de forma remota (online), por tempo indeterminado. Os (as) sindicalizados (as) poderão entrar em contato com a entidade das 8h às 12h e das 14h às 18h através do e-mail sedufsm@terra.com.br ou dos telefones (55) 99614-2696 e (55) 99935-8017.


Espaço Cultural

Reflexões Docentes

Contatos SEDUFSM

(55) 3222 5765

Segunda à Sexta
08h às 12h e 14h às 18h

Endereço

SEDUFSM
Rua André Marques, 665
Centro, Santa Maria - RS
97010-041

Email

Fale Conosco - escreva para:
sedufsm@terra.com.br

Twitter

SEDUFSM

Facebook

SEDUFSM

Youtube

SEDUFSM

Notícias

05/01/2021   05/01/21 14h52 | A+ A- | 249 visualizações

UFSM lança relatório com mapeamento de ações realizadas durante a pandemia

Mais de 70 ações estão descritas e quantificadas no documento de 52 páginas, disponível para download


Desde o início da pandemia, a UFSM tem se voltado para planejar e efetivar ações de combate à Covid-19. Ainda que a presencialidade nas atividades não essenciais tenha sido suspensa em março do ano passado, a instituição, ao invés de parar, vem trabalhando intensamente. É o que aponta o "Relatório Covid-19 2020", lançado pela reitoria no último dia 18 de dezembro, durante sessão solene do Conselho Universitário (Consu).

O documento possui 52 páginas e é dividido em nove eixos: Apresentação; Parcerias, Apoios e Representatividade; UFSM Online; Enfrentamento ao Coronavírus; Assistência Estudantil; Suporte aos Servidores; Engajamento da Sociedade; Comunicação e Transparência. Ao todo, mais de 70 ações de prevenção e combate ao coronavírus – seja no ensino, na pesquisa ou na extensão - são apresentadas no documento.

Testes

Um dos dados mais significativos do relatório é o que traz o número de testes realizados pelos campi da UFSM em Santa Maria e Palmeira das Missões durante o ano de 2020. Contabilizando ambos os campi, foram feitos 34.239 testes moleculares para a Covid-19, sendo que 17.133 ocorreram em Santa Maria e 17.106 em Palmeira das Missões. O processo de testagem não se limitou às cidades sede da instituição, abrangendo 82 municípios.

Além dos testes feitos exclusivamente nas dependências da UFSM, a universidade também fechou parceria com a Prefeitura Municipal de Santa Maria e com a Secretaria Municipal de Saúde, participando, com seus servidores e estudantes, de mutirões para realização de testes rápidos.

Produção de álcool

Ao todo, a UFSM produziu, até então, 11.394 litros de álcool, sendo 638 litros de álcool em gel, 3.038 litros de álcool líquido 70%, 5.248 litros de álcool glicerinado e 2.470 litros de álcool 35%. Esse material foi distribuído principalmente à comunidade, como os residentes das moradias estudantis e os usuários e usuárias do Hospital Universitário de Santa Maria (HUSM).

A produção aconteceu em diversos pontos e cursos da universidade, a exemplo da Usina Piloto de Etanol do Colégio Politécnico, da Farmácia Escola do Centro de Ciências da Saúde (CCS) e do Laboratório de Análises Químicas Industriais e Ambientais do departamento de Química do Centro de Ciências Naturais e Exatas (CCNE).

Produção de EPIs

Os Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) são uma das formas mais eficazes de proteger tanto profissionais de serviços essenciais quanto a população em geral contra o coronavírus. E essa foi outra das frentes da UFSM durante a pandemia: a produção de equipamentos como máscaras e protetores faciais, elaborados através de impressões 3D. Outra funcionalidade de tais impressoras é a produção de peças de respiradores que estejam atualmente indisponíveis no mercado. Até então, mais de 6 mil peças já foram produzidas na UFSM e disponibilizadas para entidades de todo o estado.

Ainda quanto aos respiradores, estudantes, docentes e técnicos da UFSM conseguiram recuperar respiradores danificados ou em desuso, automatizar respiradores manuais e produzir respiradores de baixo custo. Até o fechamento do relatório, mais de 20 respiradores já haviam sido consertados e entregues.

Nessa seara ainda foram desenvolvidos projetos que se utilizam de luz ultravioleta para realizar limpeza hospitalar e da irradiação germicida ultravioleta para esterilizar e reesterilizar EPIs, aumentando sua vida útil.

Multicampia

Além dos milhares de testes realizados no campus de Palmeira das Missões, diversas outras ações de prevenção e combate à pandemia foram efetivadas nos campi descentralizados da UFSM. Um exemplo é a elaboração, em parceria com a Prefeitura de Frederico Westphalen, de mais de 500 quilos de sabão artesanal, produzido a partir de técnicas de reaproveitamento do óleo de cozinha.

Ainda no campus de Frederico, foi criado o Projeto Distanciamento Social em Rede, cujo intuito é oferecer consultoria de comunicação a micro e pequenas empresas, além de trabalhadores formais e informais do município, para que fortaleçam suas relações com clientes, fornecedores e parceiros durante a pandemia.

Uma iniciativa que reúne os campi de Frederico e Palmeira é o Projeto Central Covid-19, plataforma que visa auxiliar os moradores das regiões com uma sistematização de endereços e horários de atendimento de serviços considerados essenciais. Até então, a ferramenta já teve 24 mil acessos.

Em Cachoeira do Sul foi realizado, por exemplo, o “Bate-papo sobre Covid-19”, série de debates virtuais semanais que abordavam temas diversos concernentes à pandemia, a exemplo do ensino, das mudanças ambientais, da situação das mulheres, da propagação de fake news e dos desafios da agricultura familiar. Ainda em Cachoeira também se desenvolveu, durante a pandemia, um curso online sobre hortas domésticas, cujo objetivo era discutir sobre soberania alimentar, saúde e bem-estar.

Orientação à população

Servidores e estudantes da UFSM também atuaram intensamente na orientação à população. Milhares de pessoas já foram atendidas através do projeto “Disque Covid” – voltado para explicar às pessoas o que elas deveriam fazer em caso de suspeita de coronavírus -, do Lauduz – serviço de consultas médicas gratuitas por vídeo chamadas para moradores de Santa Maria, a fim de reduzir a busca por postos de saúde -, ou do “Disque Covid/Acolhe Mulheres” – voltado à escuta e orientação de mulheres em situação de violência doméstica.

Combate às Fake News

Se as notícias falsas – fake news – já eram um problema para o Brasil nos últimos anos, durante a pandemia elas atingiram escalas e efeitos nocivos muito maiores. Foi com o intuito de combater a desinformação e gerar informação de qualidade para a sociedade que a Agência da Hora, composta por servidores e estudantes do curso de Comunicação Social do campus de Frederico Westphalen, passou a produzir conteúdos que visavam “checar” as diversas informações veiculadas sobre a Covid-19. Os conteúdos eram divulgados em reportagens e boletins de áudio.

Outras atividades

Acima citamos apenas algumas das atividades sistematizadas no relatório, que é extenso e ainda traz ações como a promoção de lives de saúde física e mental, atividades culturais para a família, campanhas solidárias, Observatório de Dados da Covid-19, projeto Covid Psiq, assistência estudantil e comitê de emergência para auxílio à população em vulnerabilidade social e situação de rua. Cabe destacar que, como a pandemia não se esgotou, esse relatório não é um mapeamento acabado, visto que mutios projetos e pesquisas ainda estão em desenvolvimento. 

Quem desejar ler o relatório na íntegra, pode realizar download aqui.

 

Texto: Bruna Homrich

Imagens: Prints

Assessoria de Imprensa da Sedufsm

 



Fotos



* Clique na foto para Ampliar!


Compartilhe com sua rede social!














© 2021 SEDUFSM
Rua André Marques, 665 - Centro, Santa Maria, RS - 97010-041