MOBILIZAÇÃO CONTRA REFORMA ADMINISTRATIVA

Cartilha sobre a PEC 32


ATENDIMENTO DA SEDUFSM

A Sedufsm informa que desde o dia 20 de outubro de 2021 recomeçou o atendimento presencial na sede. Os (as) sindicalizados (as) devem entrar em contato pelo e-mail [email protected] ou pelo fone (55) 3222.5765 para fazer o agendamento da ida à sede.


Últimas Notícias

Espaço Cultural

Reflexões Docentes

Contatos SEDUFSM

(55) 3222 5765

Segunda à Sexta
08h às 12h e 14h às 18h

Endereço

SEDUFSM
Rua André Marques, 665
Centro, Santa Maria - RS
97010-041

Email

Fale Conosco - escreva para:
[email protected]

Twitter

SEDUFSM

Facebook

SEDUFSM

Youtube

SEDUFSM

Notícias

21/07/2013   21/07/2013 11h59m   | A+ A- |   658 visualizações

Aprovada jornada de lutas contra a Funpresp

Deliberação foi tomada sábado, em plenária do 58° Conad

Professora Eblin Farage argumenta sobr atos contra a Ebserh no Rio
Professora Eblin Farage argumenta sobr atos contra a Ebserh no Rio

Os participantes do 58° Conselho do ANDES-SN aprovaram durante o sábado, na plenária do tema II (Avaliação e atualização do plano de lutas) a realização de uma Jornada de Lutas contra a Fundação de Previdência Complementar (Funpresp). Essa atividade deve iniciar na primeira quinzena de agosto, com materiais de divulgação preparados pelo Sindicato Nacional, como por exemplo, panfletos, cartazes e uma cartilha. Essa ação deverá ser feita em conjunto com as demais categorias de servidores públicos federais.

Um outro ponto aprovado se refere à intensificação da Campanha Nacional pelos 10% do PIB para a educação pública, já! O ANDES-SN é uma das entidades que defende há bastante tempo a destinação desse percentual para a educação do país de forma imediata. Já no Plano Nacional de educação PNE) que tramita no Congresso Nacional, a proposta é de que o percentual de 10% seja cumprido somente ao final de 10 anos, e ainda com dependência dos chamados royalties do petróleo. Para o 2° secretário do ANDES-SN, Paulo Rizzo, é temerário vincular destinação de recursos para o ensino de uma fonte esgotável, como o petróleo, além de que esta é extremamente poluente.

A luta contra a Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh) teve novas demandas aprovadas. Conforme deliberação da plenária será construído um ato nacional contra a empresa no Rio de Janeiro. A justificativa é de que no estado do Rio há um grande complexo de hospitais federais. Em relação a essa pauta, também deverá ser construído um dossiê sobre a implementação da Ebserh nas Instituições Federais de Ensino (Ife), de modo que se tenha a possibilidade de socializar os acúmulos entre as seções sindicais, também foi um dos itens acrescidos ao texto original.

Texto: Fritz R. Nunes com informações do ANDES-SN
Foto: Carina Carvalho
Assessoria de Imprensa da Sedufsm


 

Fotos da Notícia

Professora Eblin Farage argumenta sobr atos contra a Ebserh no Rio

Compartilhe com sua rede social


© 2021 SEDUFSM
Rua André Marques, 665 - Centro, Santa Maria, RS - 97010-041