MOBILIZAÇÃO CONTRA REFORMA ADMINISTRATIVA

Cartilha sobre a PEC 32


ATENDIMENTO DA SEDUFSM

A Sedufsm informa que desde o dia 20 de outubro de 2021 recomeçou o atendimento presencial na sede. Os (as) sindicalizados (as) devem entrar em contato pelo e-mail [email protected] ou pelo fone (55) 3222.5765 para fazer o agendamento da ida à sede.


Últimas Notícias

Espaço Cultural

Reflexões Docentes

Contatos SEDUFSM

(55) 3222 5765

Segunda à Sexta
08h às 12h e 14h às 18h

Endereço

SEDUFSM
Rua André Marques, 665
Centro, Santa Maria - RS
97010-041

Email

Fale Conosco - escreva para:
[email protected]

Twitter

SEDUFSM

Facebook

SEDUFSM

Youtube

SEDUFSM

Notícias

18/05/2021   18/05/2021 17h55m   | A+ A- |   321 visualizações

Quarta, 19M: Dia Nacional de Luta em Defesa da Educação Pública

Em Santa Maria, Sedufsm participa, junto às outras entidades da UFSM, de Plenária Unificada

Entidades nacionais da Educação fazem live a partir das 9h desta quarta
Entidades nacionais da Educação fazem live a partir das 9h desta quarta

“A Educação precisa resistir”. Esse é o lema do Dia Nacional de Luta convocado por diversas entidades nacionais – dentre essas, o ANDES-SN – para esta quarta-feira, 19 de maio.

Em vários estados e cidades, estudantes, docentes e técnico-administrativos em educação protagonizarão atos virtuais ou presenciais que não acarretem em aglomerações – a exemplo de carreatas, passagens com carros de som, fixação de faixas, instalação de outdoors ou campanhas midiáticas em veículos de comunicação.

Dentre as pautas principais estão a mobilização por vacina, pão, saúde e educação; pelo Fora Bolsonaro e Mourão; contra o Projeto de Lei (PL) 5595/20, que prevê a reabertura de escolas, universidades, institutos e Cefet no pior momento da pandemia da Covid-19; pela recomposição dos orçamentos das instituições federais de ensino; contra a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 32/20, da reforma Administrativa; e também pela revogação da Portaria do MEC 983/2020, que traz ataques aos professores da Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica.

"Nós, trabalhadoras e trabalhadores da Educação, e estudantes, não vamos permitir a destruição da educação pública brasileira. Neste dia 19 realizaremos atos em todas as instituições superiores de ensino públicas federais, estaduais e municipais. A participação de cada pessoa é importante para não permitir que Bolsonaro, o inimigo da Educação, destrua as nossas instituições públicas de ensino", convoca Rivânia Moura, presidenta do ANDES-SN.

Santa Maria também possui uma programação para a data. Aqui, as entidades representativas dos três segmentos da UFSM – Sedufsm, Assufsm, Atens e DCE – realizarão uma Plenária Unificada para debater a situação orçamentária da universidade, o ensino e o trabalho remotos e a Reforma Administrativa. O encontro acontece via Zoom e, para receber o link da sala virtual, você deve se inscrever aqui: https://forms.gle/VFYXvajGGf79x3du7

Programação virtual

A programação começa cedo e será integrada. Já a partir das 9h desta quarta, as entidades nacionais proponentes do Dia de Luta - ANDES-SN, Fasubra, Sinasefe, UNE, Fenet – farão uma live para mostrar os atos realizados nas universidades, institutos e Cefet pelo país. A transmissão pode ser acompanhada aqui
Na atividade ainda estarão presentes representantes de entidades da Educação Básica, do Fórum das Entidades Nacionais dos Servidores Públicos Federais (Fonasefe) e de parlamentares. Além disso, às 11h e às 17h será levantada, no Twitter, a hashtag (em português, palavra-chave) #educaçãoprecisaresistir, com informações acerca dos ataques à educação pública brasileira. Acesse aqui o banco com sugestões de tuítes. 

À noite, projeções serão feitas na Esplanada dos Ministérios ou no Museu Nacional, em Brasília (DF), ainda a definir.

Semana Nacional de Lutas do Setor das IEES-IMES

Para além desta quarta, 19, o Setor das Instituições Estaduais e Municipais de Ensino Superior (IEES/IMES) do ANDES-SN realiza, entre os dias 17 e 21 de maio, a Semana Nacional de Lutas do Setor da IESS/IMES, com os seguintes eixos de mobilização: 1- retorno ao ensino presencial apenas com vacinação e condições sanitárias; 2- contra a Reforma Administrativa, que pretende acabar com o serviço público no Brasil; por vacinação gratuita, pelo SUS e para todas e todos; e pelo financiamento público garantido como política efetiva em educação.

 

Texto: Bruna Homrich, com informações de ANDES-SN

Imagens: ANDES-SN; Atens/Sedufsm

Assessoria de Imprensa da Sedufsm

 

Fotos da Notícia

Entidades nacionais da Educação fazem live a partir das 9h desta quarta

Compartilhe com sua rede social


© 2021 SEDUFSM
Rua André Marques, 665 - Centro, Santa Maria, RS - 97010-041