MOBILIZAÇÃO CONTRA REFORMA ADMINISTRATIVA

Cartilha sobre a PEC 32


ATENDIMENTO DA SEDUFSM

A Sedufsm informa que desde o dia 20 de outubro de 2021 recomeçou o atendimento presencial na sede. Os (as) sindicalizados (as) devem entrar em contato pelo e-mail [email protected] ou pelo fone (55) 3222.5765 para fazer o agendamento da ida à sede.


Últimas Notícias

Espaço Cultural

Reflexões Docentes

Contatos SEDUFSM

(55) 3222 5765

Segunda à Sexta
08h às 12h e 14h às 18h

Endereço

SEDUFSM
Rua André Marques, 665
Centro, Santa Maria - RS
97010-041

Email

Fale Conosco - escreva para:
[email protected]

Twitter

SEDUFSM

Facebook

SEDUFSM

Youtube

SEDUFSM

Notícias

02/10/2021   02/10/2021 23h29m   | A+ A- |   293 visualizações

O ‘Fora Bolsonaro’ deste sábado veio do Largo da Locomotiva

Protesto denunciou negacionismo, desmonte dos serviços públicos e carestia da vida

Ato integrou agenda nacional de luta e mobilização contra o governo
Ato integrou agenda nacional de luta e mobilização contra o governo

A Sedufsm esteve presente em mais um ato Fora Bolsonaro ocorrido em Santa Maria. Na tarde deste sábado, 2 de outubro, centenas de jovens, trabalhadores e trabalhadoras, militantes políticos(as) e ativistas sociais reuniram-se no Largo da Locomotiva para protestar contra as políticas que o governo Bolsonaro e seus aliados vêm implementando ou intencionando implementar.

Laura Fonseca, presidenta da seção sindical docente, destacou que “a assistência social, as políticas públicas e toda a sociedade brasileira são alvo das tentativas de reforma e desmonte – como a emenda do teto de gastos [EC 95], a atual tentativa de Reforma Administrativa e as famigeradas reformas da Previdência e Trabalhista, já aprovadas. É um conjunto de ações e ataques contra a sociedade brasileira. É preciso dizer fora Bolsonaro e toda essa tentativa de sabotagem dos direitos sociais duramente conquistados”.

Contra diversas manifestações de representantes do governo Bolsonaro, que defendem o acesso à universidade apenas para uma elite, Laura reafirmou que a educação é para todos e todas e que é tarefa dos movimentos sociais defende-la e resguardar seu caráter público, gratuito e de qualidade.

“É através da união de forças, de bandeiras, de protestos e de ações que vamos conseguir derrubar esse governo genocida. Contra todas as opressões - de gênero, de raça, de classe. Chega de racismo, chega de diariamente sermos vítimas de feminicídio, de lgbtfobia, de transfobia. Mais do que discurso, porque discurso é recorrente, é tarefa, nós temos que agir”, diz a docente.

Ao longo da tarde, dezenas de sindicatos, partidos políticos, centrais sindicais, coletivos de juventude e representações parlamentares falaram à população no Largo da Locomotiva. Intercaladas com tais manifestações estiveram apresentações musicais e demonstrações de capoeira, o que trouxe a tônica artística à atividade.

No final da tarde, os(as) manifestantes percorreram, em marcha, a Avenida Presidente Vargas. Nas intervenções e gritos de ordem, o repúdio ao negacionismo e à corrupção do governo; a denúncia da privatização de serviços públicos não só a nível federal mas também estadualmente; a defesa do emprego, da renda e da protetividade aos(às) trabalhadores(as); e a sempre presente consigna de ‘Fora Bolsonaro Genocida’.

Veja mais fotos do ato em nosso álbum do Facebook: https://www.facebook.com/media/set/?vanity=sedufsm&set=a.3119789164966459.

 

Texto: Bruna Homrich

Fotos: Rafael Balbueno

Assessoria de Imprensa da Sedufsm

 

Fotos da Notícia

Ato integrou agenda nacional de luta e mobilização contra o governo

Compartilhe com sua rede social


© 2021 SEDUFSM
Rua André Marques, 665 - Centro, Santa Maria, RS - 97010-041