MOBILIZAÇÃO CONTRA REFORMA ADMINISTRATIVA

Cartilha sobre a PEC 32


ATENDIMENTO DA SEDUFSM

A Sedufsm informa que desde o dia 20 de outubro de 2021 recomeçou o atendimento presencial na sede. Os (as) sindicalizados (as) devem entrar em contato pelo e-mail [email protected] ou pelo fone (55) 3222.5765 para fazer o agendamento da ida à sede.


Últimas Notícias

Espaço Cultural

Reflexões Docentes

Contatos SEDUFSM

(55) 3222 5765

Segunda à Sexta
08h às 12h e 14h às 18h

Endereço

SEDUFSM
Rua André Marques, 665
Centro, Santa Maria - RS
97010-041

Email

Fale Conosco - escreva para:
[email protected]

Twitter

SEDUFSM

Facebook

SEDUFSM

Youtube

SEDUFSM

Notícias

19/11/2021   19/11/2021 13h49m   | A+ A- |   170 visualizações

Dica: documentário sobre a dança afro de Mercedes Baptista

Professora Mônica Borba destaca filme sobre trajetória de um dos nomes mais importantes da dança no país

Mercedes Baptista, uma das pioneiras da dança no Brasil
Mercedes Baptista, uma das pioneiras da dança no Brasil

Sextou! Nesta sexta, 19 de novembro, véspera do Dia da Consciência Negra, a dica cultural vem da professora Mônica Borba, do curso de Dança-Licenciatura do Centro de Educação Física e Desportos (CEFD-UFSM). A sugestão não poderia ser mais apropriada para o momento. No filme datado de 2005 chamado “Balé de pé no chão, a dança afro de Mercedes Baptista”, o resgate de um dos nomes mais importantes da dança brasileira. O documentário, que tem pouco mais de 50 minutos, é dirigido por Lilian Solá Santiago e Marianna Monteiro e encontra-se disponível no Youtube. Acompanhe a seguir, o texto da dica cultural.
 

A obra audiovisual Balé de Pé no chão - a dança afro de Mercedes Baptista”, apresenta a trajetória de um dos nomes mais importantes da história da dança brasileira: a pioneira e grandiosa Mercedes Baptista. Dirigido por Lilian Santiago e Mariana Monteiro, no ano de 2005, o documentário nos brinda com vários depoimentos e também trechos de obras do vasto repertório dirigido por esta grande artista, fundadora do Ballet Folclórico Mercedes Baptista, nos anos 50 do século XX.



Primeira bailarina negra a fazer parte do Corpo de Baile do Theatro Municipal do Rio de Janeiro, Mercedes enfrentou com coragem e força as barreiras do racismo, dentro e fora da dança. Sua vida e obra são um legado de resistência, encontro com a ancestralidade e potência artística. É com sua busca na dança que cria e funda um trabalho autoral e atemporal, que deixa um legado inegável e uma pedagogia única.

Ao narrar a trajetória desta gigante que foi a artista Mercedes Baptista, o documentário entrecruza a memória, a sabedoria e a importância de outros incríveis nomes negros da arte brasileira, como Abdias do Nascimento e Ruth de Cardoso. Apreciar esta obra é uma grande oportunidade (inclusive para a comunidade da dança brasileira) de conhecimento e reconhecimento de uma grande brasileira. É lindo de ver e sentir! Viva à arte negra de Mercedes Baptista!.”

Mônica Correa de Borba Barboza

Pedagoga, bailarina, professora do curso de Dança-Licenciatura, do CEFD-UFSM.


Imagens: Divulgação e arquivo pessoal
Edição: Fritz R. Nunes (Sedufsm)

Fotos da Notícia

Mercedes Baptista, uma das pioneiras da dança no Brasil Mercedes Baptista Mônica Borba, docente da UFSM

Compartilhe com sua rede social


© 2021 SEDUFSM
Rua André Marques, 665 - Centro, Santa Maria, RS - 97010-041