MOBILIZAÇÃO CONTRA REFORMA ADMINISTRATIVA

Cartilha sobre a PEC 32

Últimas Notícias

Espaço Cultural

Reflexões Docentes

Contatos SEDUFSM

(55) 3222 5765

Segunda à Sexta
08h às 12h e 14h às 18h

Endereço

SEDUFSM
Rua André Marques, 665
Centro, Santa Maria - RS
97010-041

Email

Fale Conosco - escreva para:
[email protected]

Notícias

29/04/2022   29/04/2022 18h54m   | A+ A- |   186 visualizações

Semana foi marcada por protestos em defesa da educação e do reajuste salarial

Diversas cidades registraram protestos e atividades de mobilização entre os dias 25 e 29 de abril

Vigília e ato em Brasília (DF)
Vigília e ato em Brasília (DF)

Encerrou-se nesta sexta, 29, a Semana de Luta do Setor das Ifes do ANDES-SN, que teve início na última segunda, 25, com o tema “Pela reposição salarial e em defesa da Educação Pública”. Por todo o país, docentes, em conjunto com outras categorias do serviço público federal, realizaram manifestações reivindicando, centralmente, a valorização das trabalhadoras e trabalhadores do serviço público, que amargam, há cerca de cinco anos, salários defasados. Por isso, a reivindicação central apresentada pelo Fórum das Entidades Nacionais dos Servidores Públicos Federais (Fonasefe) é de uma recomposição salarial de 19,99%.

Paralisações, atos de rua, atividades de debate e mobilização nas universidades, institutos e Cefets, bem como fixação de faixas e outdoors estiveram dentre as ações realizadas ao longo da semana e que objetivaram dialogar com a comunidade universitária e com a sociedade a respeito das condições de trabalho, dos impactos dos cortes orçamentários, da necessidade de reposição salarial e orçamentária nas IFE, além de outros temas pertinentes especialmente à Educação.  

No dia 28 de abril, quinta-feira, Dia de Paralisações e Mobilizações, a Sedufsm realizou, em parceria com as entidades representativas dos demais segmentos da UFSM, uma Plenária Unificada para discutir a defesa da universidade e dos serviços públicos. Leia mais aqui.

Para Francieli Rebelatto, 2ª secretária do ANDES-SN, foi muito acertada a decisão das e dos docentes em realizar a Semana de Luta do setor das Ifes, no sentido de intensificar a mobilização da categoria nos locais de trabalho e dar continuidade à luta em Brasília. “O retorno presencial às nossas universidades, institutos e cefets é um momento fundamental para retomarmos a presença da nossa luta em todos os corredores e salas de aula diante de uma conjuntura de contínuos ataques aos serviços públicos”, afirmou a diretora do Sindicato Nacional.

Atos

Na capital federal, desde segunda-feira, 25, docentes de diversas seções sindicais, em conjunto com representantes das outras categorias do funcionalismo federal, continuaram em vigília, em frente ao prédio do Ministério da Economia. Foram realizadas diversas atividades durante a semana, além de reuniões com parlamentares no Congresso Nacional. Na quinta, 28, houve uma marcha pela Esplanada dos Ministérios, que saiu do Bloco C e seguiu até o Ministério da Economia. No final da tarde, docentes realizaram panfletagem na rodoviária de Brasília, para dialogar com a população sobre a importância dos serviços públicos e valorização dos servidores e das servidoras. Confira algumas das atividades realizadas pelas Seções Sindicais do ANDES-SN.

Outras cidades que registraram mobilizações foram Belém e Marabá (PA); Rio Branco (Acre); Parintins (AM); Maceió, Arapiraca e Delmiro Gouveia (AL); Niterói (RJ); Vitória (ES); Campo Grande (MS); Ouro Preto, Mariana e Juiz de Fora (MG); Porto Alegre e Santa Maria (RS).

Veja, no site do ANDES-SN, mais informações e imagens sobre as atividades.

 

Fonte e fotos: ANDES-SN

Edição: Bruna Homrich/Assessoria de Imprensa da Sedufsm

Fotos da Notícia

Vigília e ato em Brasília (DF)

Compartilhe com sua rede social


© 2022 SEDUFSM
Rua André Marques, 665 - Centro, Santa Maria, RS - 97010-041