MOBILIZAÇÃO CONTRA REFORMA ADMINISTRATIVA

Cartilha sobre a PEC 32

Últimas Notícias

Espaço Cultural

Reflexões Docentes

Contatos SEDUFSM

(55) 3222 5765

Segunda à Sexta
08h às 12h e 14h às 18h

Endereço

SEDUFSM
Rua André Marques, 665
Centro, Santa Maria - RS
97010-041

Email

Fale Conosco - escreva para:
sedufsm@terra.com.br

Notícias

26/08/2022 17h37m   26/08/2022 18h04m   | A+ A- |   333 visualizações

Dica: “Sem Trelas”, o podcast comandado por três mulheres jornalistas

Dentre os temas por elas abordados estão assédio, etarismo e fake news


Alguns dos temas mais pertinentes – e complexos – que afetam a vida das mulheres vêm sendo convocados ao debate pelas três jornalistas que comandam o podcast “Sem Trelas”. Luciana Carvalho, professora do departamento de Ciências da Comunicação da UFSM (campus Frederico Westphalen), Rejane Miranda, programadora de rádio da UniFM e mestranda em Patrimônio Cultural na UFSM, e Carine Prevedello, professora da Escola de Comunicação (ECO) da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), lideram o programa, que é veiculado todas as sextas-feiras, às 20h, no Spotify e no Youtube.

A dica desta sexta-feira, 26, resgata alguns dos principais episódios do programa. Quem indica o “Sem Trelas” é Sandra Anflor, jornalista no serviço público federal. Cabe destacar que, embora grande parte dos assuntos verse sobre questões relativas às mulheres, algumas edições contemplam uma esfera bem mais ampla, a exemplo de debates sobre fake news e cultura do cancelamento (que vai ao ar nesta sexta, 26) 

Leia, abaixo, a dica completa:

“Um papo com as amigas

Já no primeiro episódio da atual temporada do podcast de debates Sem Trelas, publicado há dois meses, o trio de idealizadoras dá o tom: as jornalistas, acadêmicas, mães e atrizes-diretoras de tantos outros papeis femininos Rejane Miranda, Carine Prevedello e Luciana Carvalho conversam com seu público de forma leve e descontraída, sem perder a complexidade, sobre temas caros à existência de mulheres adultas de todas as idades.

Com presença nas redes Facebook e Instagram, as gurias publicam novos episódios todas as sextas-feiras no Spotify. Experientes no radiojornalismo, elas têm facilidade de tratar, em linguagem cotidiana, temas delicados, como feminicídio e o cuidado com pais idosos. Os depoimentos das convidadas dão um toque especial.

Para quem algum dia já assistiu a programas de debates na tevê aberta ou a cabo que versam sobre temas caros às mulheres, vem, no primeiro contato, a impressão de dejà vu. Só que não. Rejane, Carine e Luciana têm uma pegada próxima das conversas que temos com as amigas, sem qualquer viés publicitário ou afetação. Falam de si, de nós, de todas.

Costumo ouvi-las enquanto faço as tarefas de organização da casa, tomando um café ou de pernas pro ar, entre um corre e outro. As vozes gostosas das três quase que me embalam e abrem caminhos de reflexão, que mais tarde, servem de tema para outras conversas, com outras amigas. Sim, outras amigas, porque – pra mim – essas gurias já fazem parte do meu círculo. E assim, sem trelas, vamos tecendo essa rede de afeto e informação.

Confira os oito episódios (dos 10 programados para essa temporada) já disponíveis no Spotify. E hoje (26 de agosto) haverá mais um, sobre Cultura do cancelamento e militância nas redes.

AGOSTO

O papel das mulheres no cuidado com os pais idosos

As várias faces da nudez

Etarismo

JULHO

Assédio

Feminicidio

A quem pertence o corpo da mulher?

JUNHO

Desinformação e fake news

A autoestima de homens e mulheres

Sandra Anflor, 58,

Jornalista no serviço público federal

 

 

Edição: Bruna Homrich

Imagens: Arquivo Pessoal e Sem Trelas

Assessoria de Imprensa da Sedufsm

Fotos da Notícia

Compartilhe com sua rede social


© 2023 SEDUFSM
Rua André Marques, 665 - Centro, Santa Maria, RS - 97010-041