MOBILIZAÇÃO CONTRA REFORMA ADMINISTRATIVA

Cartilha sobre a PEC 32

Últimas Notícias

Espaço Cultural

Reflexões Docentes

Contatos SEDUFSM

(55) 3222 5765

Segunda à Sexta
08h às 12h e 14h às 18h

Endereço

SEDUFSM
Rua André Marques, 665
Centro, Santa Maria - RS
97010-041

Email

Fale Conosco - escreva para:
[email protected]

Reflexões Docentes

A+ | A-

Inutilidade útil

13/12/2011

Francisco Estigarribia de Freitas
Professor do departamento de Metodologia do Ensino

O mês de novembro foi sido exemplar no exercício do poder a multiplicar, ordenar e regular sujeitos como objetos falantes e extraídos das forças como sujeitos confessantes não da verdade sobre si mesmos, mas da que lhes é imposta de fora. Na sexta (18/11) após a deflagração da greve do magistério estadual graças às tecnologias de controle, as tecnologias do poder e da construção de subjetividades, ecoaram discursos de reconhecimento do papel social dos professores e do reconhecimento que os salários do professores são insuficientes. Mas o momento não é adequado para deflagrar uma greve. E por quê? Por que as crianças não sabem o que é ideologia. Por que prejudicará as férias dos pais. Prejudicará aqueles que estão em fase de prestar vestibular. Prejudicará o turismo de final de ano. Por que a greve é apenas para desgastar o governo. Por outro lado, a partir de segunda (21/11) as tecnologias de controle, as tecnologias do poder e da construção de subjetividades ampliaram sua ação em Santa Maria. Centraram-se em depoimentos estratégicos e emocionados de alguns depoentes no processo que busca apurar desvios no DETRAN-RS e fizeram ecoar. Essa publicização foi rotulada de compromisso com a informação. Por que publicar algumas partes com apelo emocional e de alguns dos depoentes? Ah, sim, a resposta é porque são espaços reduzidos e não há como alterar a grade de programação. Tanto para a greve como para os depoimentos no caso do Detran são as justificativas produzidas por cidadãos, riqueza do Estado, pois instigam produção de saber, a constituição de uma rede de discursos a se identificar relações e disposições estratégicas assumidas à produção de sujeitos reféns aos mecanismos de adestramento com ampliação de aptidões já extraídas de forças e transformadas em um corpo-máquina útil e dócil e guindados como tecnologias de controle do corpo social. (Publicado em A Razão de 8.12.2011)


Compartilhe com sua rede social


© 2022 SEDUFSM
Rua André Marques, 665 - Centro, Santa Maria, RS - 97010-041