MOBILIZAÇÃO CONTRA REFORMA ADMINISTRATIVA

Cartilha sobre a PEC 32


ATENDIMENTO DA SEDUFSM

A Sedufsm informa que desde o dia 20 de outubro de 2021 recomeçou o atendimento presencial na sede. Os (as) sindicalizados (as) devem entrar em contato pelo e-mail [email protected] ou pelo fone (55) 3222.5765 para fazer o agendamento da ida à sede.


Últimas Notícias

Espaço Cultural

Reflexões Docentes

Contatos SEDUFSM

(55) 3222 5765

Segunda à Sexta
08h às 12h e 14h às 18h

Endereço

SEDUFSM
Rua André Marques, 665
Centro, Santa Maria - RS
97010-041

Email

Fale Conosco - escreva para:
[email protected]

Twitter

SEDUFSM

Facebook

SEDUFSM

Youtube

SEDUFSM

Notícias

18/07/2017   18/07/2017 16h35m   | A+ A- |   2291 visualizações

Presidente do ANDES-SN avalia a importância do 62º Conad

Luta precisa ser fortalecida para barrar as contrarreformas, diz Eblin Farage

Plenária de encerramento do 62º Conad, domingo, dia 16, em Niterói (RJ)
Plenária de encerramento do 62º Conad, domingo, dia 16, em Niterói (RJ)

A presidente do ANDES-SN, Eblin Farage, destacou na plenária de encerramento a importância do espaço de debate democrático proporcionado pelo 62º Conad, frente à necessidade emergencial de ampliação das lutas dos docentes e da unidade contra a retirada de direitos vivenciada pelos trabalhadores.

Conforme declarou a presidente: “Nosso desafio imediato para o segundo semestre é barrar as contrarreformas e colocar para fora o Temer, e ele tem que sair pela mão dos trabalhadores. A nossa expectativa é buscar isso na organização e no nosso poder de mobilização. A nossa classe tem disposição de mudar. Precisamos botar fogo nessa fogueira, que alguns querem apagar. Ao contrário, é necessário intensificar a nossa luta e construir um projeto de Universidade muito distinto desse que vem sendo implementado nos último anos”, destacou no encerramento do evento.

As deliberações do 62º Conad do ANDES-SN, realizado na cidade de Niterói (RJ) de 13 a 16 desse mês, demonstraram o fortalecimento do Sindicato Nacional como uma entidade autônoma e democrática, em defesa da classe trabalhadora. Uma das principais deliberações, com a aprovação da nova consigna, em que se solidificou a ideia de intensificação da luta para barrar as contrarreformas e revogar as já aprovadas, além de dedicar-se à mobilização pela construção de uma nova Greve Geral, para enfrentar a retirada de direitos dos trabalhadores, sem no entanto, ceder ao apelo conciliação de classes. Foi mantida a bandeira do "Fora Temer", com eleições diretas e gerais, já.

Além da agenda de lutas, foram aprovadas a prestação de contas e a previsão orçamentária do Sindicato Nacional para o ano de 2018, homologada nova sessão sindical - Adesfaetec SSind. e definida a cidade de Fortaleza (CE) como sede do próximo Conad, que será organizado em conjunto com a Seção Sindical dos Docentes da Universidade Estadual do Ceará (Sinduece-SSind.).

Carta de Niterói

As deliberações e debates foram destacadas na Carta de Niterói, lida na plenária pelo secretário-geral do ANDES-SN, Alexandre Galvão. O documento sintetizou os quatro dias de encontro, abordando as resoluções aprovadas no Conad, reforçando a campanha - lançada no evento - contra o assédio sexual, a criação de uma comissão permanente de combate ao assédio e a atenção especial dada à política de inclusão, ingresso e permanência de pessoas com deficiência nas Instituições de Ensino Públicas, ações que se colocam como importante desafio do Sindicato Nacional. A carta apontou ainda a atualização da consigna do ANDES-SN e os desafios a serem enfrentados daqui pra frente.

Moções aprovadas

Foram aprovadas diversas moções na plenária de encerramento, entre as quais manifestações de repúdio contra a atuação seletiva da Justiça, de repúdio ao atraso dos salários dos servidores do Rio Grande do Norte há um ano e seis meses, contra a aprovação da LDO pela Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte, que congela o orçamento do Estado incluindo o salário dos servidores, repúdio à emenda aditiva que extingue a Unila por meio da criação da Universidade da Fronteira Oeste; repúdio ao discurso de ódio proferido pelo vereador Andrean Peglow (PSDB) contra a Universidade Federal do Rio Grande (Furg); repúdio à interdição do acesso de estudantes estrangeiros a auxílios da política nacional de assistência estudantil promovido pela reitoria da Unilab, contra ameaças e perseguições a lideranças quilombolas e indígenas no estado do Maranhão; repúdio ao apoio dos governos à construção de mais um porto na cidade de São Luís (MA) para atender interesses de empresa privada; repúdio contra a privatização da educação básico da Paraíba, de repúdio ao vereador de Niterói (RJ) Carlos Jordy (PSC), que contesta o uso dos banheiros femininos por pessoas trans, e ao ato racista do Movimento Brasil Livre (MBL) contra Luiz Carlos Prates, dirigente sindical da CSP-Conlutas.

Os delegados aprovaram ainda moção de apoio ao professor Pedro Mara, acusado de promover apologia ao uso de drogas por possuir uma tatuagem de folha de maconha no braço e moção de solidariedade à comunidade acadêmica de três institutos da Universidade Federal Fluminense.

Fonte e foto: ANDES-SN

Edição: Fritz R. Nunes (Sedufsm)

Fotos da Notícia

Plenária de encerramento do 62º Conad, domingo, dia 16, em Niterói (RJ)

Compartilhe com sua rede social


© 2021 SEDUFSM
Rua André Marques, 665 - Centro, Santa Maria, RS - 97010-041