MOBILIZAÇÃO CONTRA REFORMA ADMINISTRATIVA

Cartilha sobre a PEC 32


ATENDIMENTO DA SEDUFSM

A Sedufsm informa que desde o dia 20 de outubro de 2021 recomeçou o atendimento presencial na sede. Os (as) sindicalizados (as) devem entrar em contato pelo e-mail [email protected] ou pelo fone (55) 3222.5765 para fazer o agendamento da ida à sede.


Últimas Notícias

Espaço Cultural

Reflexões Docentes

Contatos SEDUFSM

(55) 3222 5765

Segunda à Sexta
08h às 12h e 14h às 18h

Endereço

SEDUFSM
Rua André Marques, 665
Centro, Santa Maria - RS
97010-041

Email

Fale Conosco - escreva para:
[email protected]

Twitter

SEDUFSM

Facebook

SEDUFSM

Youtube

SEDUFSM

Notícias

22/09/2021   22/09/2021 12h53m   | A+ A- |   255 visualizações

Diretoria do ANDES-SN repudia possibilidade de fechamento da UERGS

Representante do governo estadual defendeu extinção da universidade para compra de vagas em instituições privadas

ANDES-SN diz que extinção da UERGS seria algo nefasto para a população gaúcha
ANDES-SN diz que extinção da UERGS seria algo nefasto para a população gaúcha

A diretoria do ANDES-SN divulgou nota em solidariedade à Universidade Estadual do Rio Grande do Sul (UERGS), repudiando quaisquer tentativas de fechamento da instituição por parte do governo estadual. O documento foi suscitado por recente declaração do deputado Edson Brum (MTB), também secretário de Desenvolvimento Econômico do Rio Grande do Sul, em painel público realizado no município de Frederico Westphalen. Na ocasião, ele, que representava o governador Eduardo Leite (PSDB), defendeu a extinção da UERGS e o uso de seus recursos para compra de vagas em universidades privadas.

“A extinção da UERGS, como propôs o representante do governador, seria nefasto tanto para a história inclusiva da instituição quanto para a população gaúcha que necessita de espaços públicos para materializar sua formação e seus sonhos de uma vida melhor”, aponta trecho da nota, que pode ser lida, na íntegra, abaixo:

“NOTA DA DIRETORIA NACIONAL DO ANDES-SN DE SOLIDARIEDADE À UNIVERSIDADE ESTADUAL DO RIO GRANDE DO SUL: A UERGS NÃO PODE FECHAR!!!

A Universidade Estadual do Rio Grande do Sul, pública e gratuita, tem 20 anos de existência. Neste período se destacou como um polo de construção do conhecimento e de acessibilidade para a população gaúcha e nacional afirmando espaços públicos para a formação crítica, comprometida com o desenvolvimento social, econômico e cultural em 24 unidades regionais, distribuídas em todo território gaúcho.

Neste sentido a UERGS é um patrimônio consolidado da afirmação da educação para todos/todas, que simboliza e materializa uma luta por espaços educacionais estaduais advindos desde a federalização da UFRGS (que nasceu como uma universidade estadual) sempre comprometida, conforme declara, “com a educação como forma de estabelecer igualdade, oportunidade, pluralismo de pessoas e ideias, inclusão social, democracia, respeito aos direitos humanos reconhecendo as diferenças.”

Neste contexto o ANDES-SN se solidariza com a comunidade da UERGS e repudia a fala do secretário de Desenvolvimento Econômico do RS, Deputado Estadual Edson Brum (MDB) que, representando o governador Eduardo Leite (PSDB) em um painel público realizado no município de Frederico Westphalen, em 26/08/2021, defendeu a extinção da UERGS e o uso de seus recursos para comprar vagas em universidades privadas. Trata-se de mais um ataque direto à universidade pública que reforça a lógica neoliberal de transformar a educação em mercadoria. A extinção da UERGS, como propôs o representante do governador, seria nefasto tanto para a história inclusiva da instituição quanto para a população gaúcha que necessita de espaços públicos para materializar sua formação e seus sonhos de uma vida melhor.

A luta e afirmação da educação pública, gratuita, de qualidade, laica e socialmente referenciada é hoje no país um divisor de águas entre a busca da construção de um projeto de nação para todos/todas o(a)s trabalhadores e trabalhadoras, que afirma sua riqueza e valoriza a diversidade de seu povo, e a visão neoliberal que privatiza os espaços públicos, como Eduardo Leite vem fazendo com a Corsan (empresa estadual de água e saneamento) e o Banrisul (único banco público estadual do país), repetindo localmente o que faz Bolsonaro na Eletrobras, nos Correios e por meio da PEC 32, proposta que visa destruir o Estado e o serviço público brasileiro.

Assim reafirmamos toda nossa solidariedade à UERGS e repúdio a qualquer tentativa de fechamento daquela universidade, espaço fundamental para o pleno desenvolvimento autônomo e sustentável do Rio Grande do Sul e do Brasil.

Brasília(DF), 21 de setembro de 2021

Diretoria Nacional do ANDES - Sindicato Nacional”

 

Texto: Bruna Homrich

Imagem: UERGS

Assessoria de Imprensa da Sedufsm

Fotos da Notícia

ANDES-SN diz que extinção da UERGS seria algo nefasto para a população gaúcha

Compartilhe com sua rede social


© 2022 SEDUFSM
Rua André Marques, 665 - Centro, Santa Maria, RS - 97010-041