Assembleia aprova adesão a mobilizações contra cortes orçamentários SVG: calendario Publicada em
SVG: atualizacao Atualizada em 07/10/22 18h43m
SVG: views 572 Visualizações

Docentes referendaram indicação de voto em Lula no segundo turno e discutiram Conad extraordinário

Alt da imagem
Assembleia no modo presencial ocorreu no Auditório Suze Scalcon da Sedufsm

Em assembleia híbrida ocorrida na manhã desta sexta, 7, com participação presencial no Auditório Suze Scalcon da Sedufsm, e também virtual, através do Google Meet, as docentes e os docentes aprovaram a adesão a atividades de mobilização local contra os cortes orçamentários promovidos pelo governo federal. A primeira delas na segunda, 10 de outubro, às 17h, no Largo do Planetário da UFSM, reunindo as entidades que representam os segmentos da instituição, entre elas, a Sedufsm. E a outra, que está sendo chamada para o dia 18 de outubro, por entidades nacionais do movimento estudantil.

Essa definição ocorreu após a diretoria da Sedufsm ter aberto espaço para uma avaliação da conjuntura nacional, em que foram apontados diversos motivos pelos quais se deve repelir a candidatura de Jair Bolsonaro à presidência da República, entre esses, os ataques sucessivos ao sistema educacional. Na mesma linha, a mesa que conduzia a plenária colocou em apreciação a proposta de referendar a posição manifestada pela diretoria do ANDES-SN, esta semana, de indicar no segundo turno o voto do pleito presidencial em Luiz Inácio Lula da Silva. A proposição foi aprovada por 12 votos a 9. A Sedufsm divulgará, posteriormente, nota de apoio a Lula no segundo turno.

14º Conad extraordinário

Também constante da pauta de convocação da assembleia, a escolha de delegado(a) para o 14º Conad extraordinário do ANDES-SN, que ocorre nos dias 12 e 13 de novembro, em Brasília. O tema do encontro é “CSP-Conlutas: balanço sobre atuação nos últimos dez anos, sua relevância na luta de classes e a permanência ou desfiliação da Central”.

Após uma discussão preliminar sobre a atuação da central sindical, com posições favoráveis e desfavoráveis, foi escolhida a delegação da Sedufsm para o 14º Conad. A vice-presidente da Sedufsm, professora Marcia Morschbacher, teve o nome referendado como delegada ao evento. Para observadores foram escolhidos o professor Julio Quevedo (também suplente de delegado) e o professor João Carlos Gilli Martins.

Funpresp

Na parte final da assembleia, o advogado Heverton Padilha, da assessoria jurídica da Sedufsm, a convite da diretoria, fez uma explanação sobre os temas da Fundação de Previdência Complementar dos Servidores/as (Funpresp) e do Teletrabalho. Conforme Padilha, ainda hoje a Funpresp segue como uma espécie de “cheque em branco” no caso de adesão do funcionalismo. Essa situação se agrava no momento em que uma medida do governo transforma a personalidade da Fundação, que passa a ter parâmetros de empresa privada.

Para docentes que tiverem dúvida sobre a questão da Funpresp, a assessoria jurídica do sindicato atende todas as manhãs de terça-feira, na sede (rua André Marques, 665) e poderá estender para outro período em caso de necessidade de ampliar esclarecimentos à categoria. Abaixo, trazemos trecho da fala do advogado Heverton Padilha na plenária desta sexta-feira.

 

 

Texto e fotos: Fritz R. Nunes
Edição de vídeo: Rafael Balbueno
Assessoria de imprensa da Sedufsm

 

 

 

SVG: camera Galeria de fotos na notícia

Carregando...

SVG: jornal Notícias Relacionadas

Sedufsm não terá expediente na tarde de terça, 11 de junho

SVG: calendario 07/06/2024
SVG: tag Sedufsm
Motivo é a realização da Marcha em Defesa da Educação que ocorre neste dia

“Se tem um caminho de gerenciamento de desastres é na efetivação de políticas públicas”

SVG: calendario 06/06/2024
SVG: tag Sedufsm
Tragédia climática e políticas públicas são os temas da 89ª edição do Ponto de Pauta, com Nadianna Marques

UFSM recebe verba emergencial para recuperar estragos das chuvas

SVG: calendario 28/05/2024
SVG: tag Sedufsm
Recurso liberado pelo MEC foi de R$ 8,5 milhões, mas ainda há expectativa de mais R$ 4 milhões via Setec

Veja todas as notícias