Dica: assistir a homenagem ao maestro Frederico Richter SVG: calendario Publicada em
SVG: atualizacao Atualizada em 06/01/23 15h19m
SVG: views 1522 Visualizações

Live sobre o músico e docente da UFSM foi realizada para comemorar os 90 anos de idade

Alt da imagem
Imagem de um fragmento do vídeo sobre o maestro Frederico Richter

Um grande músico gaúcho e brasileiro. Assim inicia a explanação de Luiz Gonzaga Binato de Almeida, professor, arquiteto e produtor cultural, ao abrir a apresentação (live) em homenagem aos 90 anos do maestro Frederico Richter (o Frerídio), veiculada em 6 de fevereiro de 2022. Richter, que além de docente da UFSM foi fundador da Orquestra Sinfônica de Santa Maria, em 1966, faleceu no último dia 1º de janeiro, em Porto Alegre. O vídeo da homenagem encontra-se disponível no canal da Pró-Reitoria de Extensão no Youtube.

Frederico Richter era graduado em Música – Violino, pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (1951), doutor em Música pela mesma instituição (1962) e Pós-Doutor pela McGilll University, no Canadá (1981). Atuou como professor do Magistério Superior da UFSM a partir de 1966, tendo se aposentado em 1997. 

Ao longo de sua carreira, Richter dedicou-se à música fractal e à música moderna e pós-moderna. Sua produção soma mais de 940 obras, muitas com alcance internacional. Ministrou Cursos no Exterior e atuou como conferencista, músico, docente e pesquisador na Alemanha (Universidade Siegen e Hamburgo e IPN de Kiel), Áustria, Reino Unido, Escócia (onde foi Pesquisador, orientando de Doutorandos).

Na introdução da live em homenagem ao maestro, o professor Binato faz uma síntese da carreira de Richter, ressaltando a importância e a contribuição do músico e compositor, não apenas para Santa Maria e Rio Grande do Sul, mas também no que se refere à relevância nacional e internacional.

Ao longo de 1h26min, diversos(as) intérpretes expressam as composições de ‘Frerídio’, com versões musicais para instrumentos, cordas, orquestra, canto e corais.

Um dos momentos mais emocionantes é quando a musicista e nora do maestro, Magali Spiazzi Richter (mezzo-soprano) faz uma pequena entrevista com ele. Ao agradecer pelas composições e pela obra como um todo, Magali adjetiva Frederico Richter de “grande compositor”, ao que ele rebate, modestamente: “não sou nada”.

Durante a apresentação também houve espaço para uma singela declaração de amor, da esposa, a também professora aposentada da UFSM, Ivone Richter. (print abaixo)

Para saber um pouco mais sobre o maestro Frederico Richter, acesse o site.

Abaixo, a íntegra do vídeo da homenagem aos 90 anos de Richter.

Texto: Fritz R. Nunes com informações da UFSM

Imagens: UFSM

Assessoria de imprensa da Sedufsm

SVG: camera Galeria de fotos na notícia

Carregando...

SVG: jornal Notícias Relacionadas

‘Mostra ‘Difusão’ é opção para ver o cinema abordando Direitos Humanos

SVG: calendario 12/04/2024
SVG: tag Cultura
Exibições acontecem nos dias 14, 20 e 21 de abril, às 19h, em Associação localizada na Vila Oliveira, em Santa Maria

Documentário remonta 30 anos de história da Boate do DCE

SVG: calendario 05/04/2024
SVG: tag Cultura
Lançamento, com entrada gratuita, acontece na quinta, 11 de abril, às 19h, no Auditório da Cesma

Livro destaca protagonismo das mulheres na Segunda Guerra

SVG: calendario 22/03/2024
SVG: tag Cultura
Dica cultural desta semana é da professora de Comunicação Social da UFSM, Viviane Borelli

Veja todas as notícias