Ufsm recebe certificação como Centro de Referência Paralímpico SVG: calendario Publicada em 07/02/24 10h23m
SVG: atualizacao Atualizada em 07/02/24 12h50m
SVG: views 195 Visualizações

Acordo com o Comitê Paralímpico Brasileiro permite sediar competições oficiais e promover iniciativas de modalidades inclusivas

Alt da imagem

O Centro de Educação Física e Desportos (CEFD) da UFSM recebeu oficialmente a certificação como Centro de Referência Paralímpico em uma cerimônia realizada no dia 31 de janeiro. O acordo de cooperação técnica foi formalizado com a assinatura do Comitê Paralímpico Brasileiro (CPB) e da universidade, que se torna a segunda instituição no Rio Grande do Sul a obter esse reconhecimento, ao lado da Prefeitura de Canoas.

Os representantes do CPB participaram de forma remota, enquanto do Gabinete do Reitor estavam presentes o reitor Luciano Schuch, o diretor e a vice-diretora do CEFD, Rosalvo Sawitzki e Daniela Lopes dos Santos, a professora e coordenadora do Núcleo de Apoio e Estudos da Educação Física Adaptada (Naeefa), Luciana Palma, o professor e coordenador do Grupo de Laboratórios Associados (Glass), Fábio Lanferdini, além da professora Marli Hatje e estudantes envolvidos com o paradesporto.

Com a oficialização do acordo, a UFSM agora está autorizada a sediar competições oficiais de modalidades inclusivas, como goalball e basquete em cadeira de rodas, esportes nos quais a instituição já possui equipes. Além disso, terá a oportunidade de realizar outras iniciativas, incluindo o Festival Paralímpico. O Naeefa, responsável por promover atividades para pessoas com deficiência, completa 30 anos em 23 de abril de 2024.

Luciana, destacou a importância do acordo, afirmando que a transformação em Centro de Referência Paralímpico é um marco histórico e “de reconhecimento de todo o trabalho percorrido ao longo de todos esses anos, seja na extensão, principalmente, que é um dos nossos grandes caminhos, na pesquisa e no ensino”, declarou a docente em entrevista à Agência de notícias da UFSM.

Além da docente, o diretor do CEFD e o reitor também assinaram o termo. O reitor Schuch enfatizou que através da chancela do CPB “a gente consegue mostrar para a sociedade a importância das pessoas com deficiência estarem convivendo através do esporte competitivo e do esporte casual, que estão usufruindo da mesma infraestrutura”, ressalta o reitor. 

Para Sawitzki, a assinatura serve para reforçar a posição da UFSM como referência no assunto, garantindo à sociedade que a instituição está apta a atender a comunidade, respaldada pelo Comitê Paralímpico Brasileiro. Antes de se tornar oficialmente um Centro de Referência, a UFSM passou por duas etapas: candidatura por carta de intenções e visita técnica para avaliação de critérios como estrutura e acessibilidade.

O futuro dos esportes paralímpicos na UFSM

Além da visibilidade, Luciana acredita que o acordo intensificará o desenvolvimento da universidade no universo dos esportes adaptados, “já são pelo menos 30 anos em que o Centro de Educação Física e Desportos vem desenvolvendo atividades relacionadas ao desporto paralímpico. Os benefícios não são só para a instituição, mas para todos os professores envolvidos na formação acadêmica, os estudantes que irão se envolver e as pessoas com deficiência”, comenta a professora. 

Marcele Dornelles e Felipe Gaspary, acadêmicos do Bacharelado em Educação Física e integrantes do Naeefa, afirmaram que o acordo proporcionará oportunidades para estudantes de diversos cursos trabalharem com modalidades paralímpicas, enriquecendo o conhecimento da comunidade acadêmica.

“A gente espera que agora estudos e novas ferramentas venham se somar ao que a gente já trabalha. Isso faz com que se desperte a curiosidade sobre o desenvolvimento de esportes para pessoas com deficiência”, avalia Gaspary.

Conforme anunciado pela coordenadora do Naeefa, o próximo torneio realizado no CEFD será a segunda etapa da Copa Gaúcha de Goalball, no dia 13 de julho. A rodada de abertura será em maio, na cidade de Porto Alegre, e a terceira em Rio Grande, no mês de outubro. A UFSM, que dispõe de uma equipe na modalidade, recebeu goleiras e traves do esporte através de uma doação do Comitê Paralímpico Brasileiro.

O tradicional Festival Paralímpico, que já teve três edições promovidas pela instituição, já tem data para acontecer neste ano: 21 de setembro, um sábado. De acordo com Luciana, “é um compromisso assumido, agora enquanto Centro de Referência, desenvolver o Festival Paralímpico todos os anos”, destaca Luciana.

 

Texto: Karoline Rosa (jornalista), com informações da Agência de Notícias Ufsm
Imagens: Agência de Notícias Ufsm
Assessoria de Imprensa da SEDUFSM

 

SVG: camera Galeria de fotos na notícia

Carregando...

SVG: jornal Notícias Relacionadas

Servidores(as) aposentados(as) e pensionistas podem ficar isentos de IR

SVG: calendario 20/02/2024
SVG: tag Sedufsm
Lista de doenças dá a funcionário(a) público(a) direito de isenção, veja se faz parte do grupo e como solicitar

Campanha de financiamento da Escolinha Comunitária Ocupação Vila Resistência

SVG: calendario 16/02/2024
SVG: tag Sedufsm
Projeto busca apoio para concretizar sonho de uma educação sensível, diversa e antirracista

MGI convoca reunião com servidores para 28/2

SVG: calendario 15/02/2024
SVG: tag Sedufsm
Entidades sindicais e governo buscam acordo em meio a demandas por equiparação e reajustes
Veja todas as notícias