Diretoria da Sedufsm divulga nota SVG: calendario Publicada em
SVG: atualizacao Atualizada em 09/02/24 12h45m
SVG: views 1658 Visualizações

Diretoras e diretores da Seção Sindical manifestam-se sobre a revogação dos títulos honoris causa concedidos a ditadores

Alt da imagem

Nesta sexta, 9 de fevereiro, a diretoria da Sedufsm divulgou nota através da qual se posiciona sobre a recomendação do Ministério Público Federal (MPF) ao reitor da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM), Luciano Schuch, para que revogue ou casse os títulos honoríficos de doutor e professor honoris causa concedidos aos marechais Arthur da Costa e Silva e Humberto de Alencar Castello Branco.

"Nota da Diretoria da SEDUFSM sobre a Revogação dos Títulos Honoris Causas dos Ditadores Castello Branco e Costa e Silva

A Diretoria da Seção Sindical dos e das Docentes da Universidade Federal de Santa Maria – SEDUFSM vem por meio da presente nota manifestar seu apoio à recomendação do Ministério Público Federal (MPF) para que a Universidade Federal de Santa Maria revogue ou casse os títulos honoríficos de doutor e professor honoris causa concedidos aos Ditadores Humberto de Alencar Castello Branco e Arthur da Costa e Silva, representantes de um dos períodos mais nefastos da História do Brasil.

A Seção Sindical dos e das Docentes da Universidade Federal de Santa Maria, assim como o ANDES-Sindicato Nacional, nasceu justamente da luta pela redemocratização do Brasil e pelo direito de livre manifestação dos e das docentes, o que faz com que a democracia seja um de seus princípios basilares, bem como, os direitos humanos e a justiça social. Tais princípios foram duramente atacados ao longo de vinte e um anos de Ditatura Civil-Militar. 

Os ditadores, Castello Branco e Costa e Silva, foram responsáveis diretamente pela violação dos direitos humanos de dezenas de membros da comunidade acadêmica da UFSM. Docentes, técnicos-administrativos e estudantes foram vítimas de expurgo, perseguição e até mesmo tortura. Alguns destes atos inclusive foram relatados nas atividades da Comissão da Verdade da UFSM. Por isso, consideramos fundamental também a reativação da mesma por parte da reitoria.

Por fim, a diretoria da SEDUFSM reafirma a sua concepção de que Universidade é um espaço plural e democrático que deve ser constantemente reafirmado, sobretudo, em tempos em que emergem novas tentativas de Golpe no país. Portanto, não há lugar para homenagens à torturadores e ditadores na UFSM!

Revogação Já! 

Ditadura Nunca Mais!"

Santa Maria, 09 de fevereiro de 2024.
Diretoria da SEDUFSM - Gestão Renova SEDUFSM 

 

Edição: Karoline Rosa (jornalista)
Arte: Italo de Paula
Assessoria de imprensa da Sedufsm

SVG: camera Galeria de fotos na notícia

Carregando...

SVG: jornal Notícias Relacionadas

PNE: em 20 anos, poucos avanços no aumento do investimento em educação

SVG: calendario 19/07/2024
SVG: tag Sedufsm
Plano Nacional de Educação enviado ao Legislativo propõe metas não cumpridas em versões anteriores

“Nós, que vivíamos uma memória interditada, hoje disputamos as narrativas”, afirma Leonice Mourad

SVG: calendario 18/07/2024
SVG: tag Sedufsm
Em referência ao Julho das Pretas e às celebrações do dia 25/07, Ponto de Pauta discute a Luta das Mulheres Negras

UFSM apresentou nove projetos de reconstrução em reunião sobre Plano Rio Grande

SVG: calendario 16/07/2024
SVG: tag Sedufsm
Reunião com vice-governador discutiu estratégias e revelou impacto econômico das enchentes

Veja todas as notícias