Sedufsm e Reitoria da UFSM discutem condições de trabalho docente SVG: calendario Publicada em
SVG: atualizacao Atualizada em 05/07/24 12h00m
SVG: views 252 Visualizações

Reunião abordou carga horária, equidade entre departamentos e formação pedagógica contínua para docentes

Alt da imagem

Na tarde de quinta-feira, 4 de julho, o presidente da Sedufsm, professor Ascísio Pereira, se reuniu com o reitor Luciano Schuch, e integrantes da Pró-Reitoria de Gestão de Pessoas e Pró-Reitoria de Graduação. Este foi o segundo encontro da mesa de negociação sobre a pauta local demandada durante a greve. O objetivo da reunião foi discutir as condições de trabalho docente, incluindo carga horária em sala de aula, estágio, orientação e acompanhamento de pós-doutorado. 

De acordo com Ascísio, a Sedufsm já vem trabalhando intensamente nessas questões, com propostas claras para os encargos docentes. Ele também comenta que a tendência apresentada na reunião é que a cada hora de aula em sala, haja uma hora de preparação. “Não é uma decisão final, eles entendem até que o CEPE (Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão) aprove uma hora e meia. Segundo o reitor, não há objeção quanto a isso”, explica o presidente da Sedufsm.

Sobre a carga horária máxima em sala de aula, foi sugerido inicialmente um teto de 12 horas semanais. No entanto, a gestão da universidade acredita ser mais razoável um limite de 14 horas, o que equivaleria a 28 horas semanais quando se inclui o tempo de preparação.

Equidade por departamento 

Outro ponto discutido foi a equidade entre departamentos. “Você tem um departamento grande, então você tem uma realidade de departamento de 50 pessoas, mas a universidade tem departamento de sete ou nove pessoas, são realidades bastante diferentes”, defende o docente.

Ascísio destaca as diferenças significativas entre departamentos, mencionando a complexidade de se alocar vagas de concursos. Atualmente, a legislação permite que a direção da unidade decida sobre a vaga de um professor que se aposenta ou deixa o departamento. “Isso é um debate complicado quando cai na unidade, porque tem interesses”, comenta o professor. 

Formação pedagógica e gestão

A formação pedagógica contínua para docentes e a preparação específica para aqueles que ocupam cargos de gestão também foram temas abordados. A gestão da UFSM mostrou-se favorável à ideia de incorporar essa formação durante o estágio probatório dos novos docentes.

“Essa pauta surgiu no Comando Local de Greve(CLG), nós não temos preparação nenhuma para exercer um cargo de gestão, e de repente a gente está como professor, na chefia de departamento ou na coordenação de um curso, em um lugar ou em outro”, conta Ascísio. 

Ensino, Pesquisa e Extensão

A reunião também abordou a integração de docentes na pós-graduação. Dados fornecidos pelo reitor indicam que menos de 50% dos docentes estão atualmente envolvidos em programas de pós-graduação, apesar de cerca de 90% serem doutores. “Existem muitos doutores que estão fora de programas de pós-graduação, portanto esse debate precisa ser feito“, afirma o presidente da Sedufsm.

A Reitoria informou que possivelmente entre agosto e outubro, para definir melhor as questões de ensino, pesquisa e extensão na UFSM.

 

Texto e fotos: Karoline Rosa
Assessoria de Imprensa da Sedufsm
 

SVG: camera Galeria de fotos na notícia

Carregando...

SVG: arquivo-download Documentos

- Pautas Locais da greve

SVG: jornal Notícias Relacionadas

Câmara aprova reforma do Ensino Médio com viés precarizado

SVG: calendario 12/07/2024
SVG: tag Sedufsm
Sedufsm avalia que deputados Lira e Mendonça Filho promoveram golpe na educação

Pesquisa da UFSM mapeia impactos de catástrofe socioambiental no Rio Grande do Sul

SVG: calendario 12/07/2024
SVG: tag Sedufsm
Iniciativa, apoiada pela Sedufsm, aponta que 85% das pessoas pesquisadas não consideravam sua moradia em área de risco

Projeto de Extensão aproxima UFSM de comunidades atingidas pela tragédia climática

SVG: calendario 11/07/2024
SVG: tag Sedufsm
Estudantes de escolas públicas participam de atividades que relacionam cultura e história

Veja todas as notícias