Notícias

14/05/2019   14/05/2019 19h42 | A+ A- | 355 visualizações

Greve da Educação será marcada por atos na UFSM e no centro de Santa Maria

Movimento nacional de paralisação ocorre nesta quarta-feira, 15


Reunião nesta terça ocorreu na tenda do Comando de Mobilização da UFSM, instalada em frente ao Centro de Ciências Naturais e Exatas

A UFSM amanhecerá agitada nesta quarta-feira, 15 de maio. Trata-se da Greve Nacional da Educação, data que fomentará paralisações de diversas categorias de trabalhadores e protestos em dezenas de estados e municípios brasileiros. Em Santa Maria não será diferente. Reunidos na tarde desta terça-feira, 14, representantes de professores, estudantes e técnico-administrativos em educação da UFSM acertaram os últimos detalhes da lotada quarta-feira.

Logo pela manhã, a partir das 7h, estudantes, professores, servidores e movimentos sociais farão mobilização na universidade para dialogar com a comunidade sobre a importância das pesquisas e projetos desenvolvidos na instituição.

Pela tarde, a partir das 16h, o foco de mobilização será a praça Saldanha Marinho, para onde se deslocarão vários cursos, projetos de extensão e grupos de pesquisa da universidade. O objetivo é mostrar para a população a relevância das pesquisas desenvolvidas pelas mais diversas áreas do conhecimento e cujo impacto na vida cotidiana das pessoas muitas vezes não é citado ou reconhecido. Desta forma, estudantes e professores esperam sensibilizar e conquistar o apoio da população santa-mariense na luta contra os cortes do governo federal no orçamento das universidades.

Na UFSM, professores, técnicos e estudantes aprovaram, em suas respectivas assembleias, a adesão à paralisação e às manifestações da quarta-feira.

 

Texto e foto: Bruna Homrich

Assessoria de Imprensa da Sedufsm



Fotos



* Clique na foto para Ampliar!


Compartilhe com sua rede social!














© 2019 SEDUFSM
Rua André Marques, 665 - Centro, Santa Maria, RS - 97010-041
Website por BM2 Tecnologia em Internet