Cinco anos do Coletivo Memória Ativa SVG: calendario Publicada em 13/09/2023 SVG: views 4787 Visualizações

Em ato público do dia 4 de agosto 2018, foi lido um Manifesto, dando início às atividades do “Coletivo Memória Ativa” em defesa do Patrimônio Cultural de Santa Maria. Dentre as ações, propunha-se a dar apoio ao COMPHIC (Conselho Municipal do Patrimônio Histórico e Cultural); apoiar o processo de tombamento definitivo dos bens imóveis do Centro Histórico da cidade; acompanhar a constituição de uma nova Legislação Municipal de proteção ao Patrimônio Cultural, com a adoção de mecanismos de amparo oficial aos proprietários de bens tombados.

O nosso nome – Memória Ativa – deve-se ao nosso entendimento de que a defesa do Patrimônio Cultural exige que seja, cada vez maior, o esforço da coletividade em proteger os símbolos materiais e imateriais da história do Município. Sem a sua gente, a cidade está fadada à ruína. É da memória afetiva de cada um que se constrói a memória da cidade.

Nestes cinco anos - tendo passado por dois anos da epidemia de Covid-19 – não deixamos de lado nossas atividades. Temos realizado Caminhadas Guiadas pelo Centro Histórico (acervo Art dèco da Avenida Rio Branco), defendido a recuperação e revitalização da Gare da Viação Férrea e participado ativamente de um dos Comitês do Distrito Criativo. Por isso, temos a satisfação e orgulho de comemorar esta trajetória intensa de ação e colaboração.   

Nossa Missão: “Sensibilizar a comunidade de Santa Maria em prol da preservação dos valores do seu patrimônio cultural.”

Nossa Visão: “Ser reconhecida como entidade que busca inserir Santa Maria no circuito mundial da defesa do patrimônio cultural.”

Valores de nossa identificação: Integridade, Liberdade, Diálogo, Identidade, Afetividade.

(* Orlando Fonseca também é presidente do Coletivo 'Memória Ativa')

Sobre o(a) autor(a)

SVG: autor Por Orlando Fonseca
Escritor e professor aposentado do departamento de Letras Vernáculas da UFSM

Veja também